fbpx

O mercado global de impressão digital em têxtil, estimado em 1,5 mil milhões de dólares no ano de 2020, deverá atingir um valor revisto de 2,7 mil milhões de dólares até 2026 (cerca de 2.5 mil milhões de euros), crescendo a um CAGR de 10,3% durante o período de análise.

A conclusão é do novo relatório da Research and Markets, "Digital Textile Printing - Global Market Trajectory & Analytics".

A substituição de máquinas por equipamentos de tecnologia digital é impulsionada pelas velocidades de produção bem como pelos custos de coloração. O crescimento é também impulsionado pela capacidade de resolução de limitações técnicas que se encontram nas aplicações de impressão convencionais.

vladislav glukhotko Fbl Q4yJhpo unsplash© vladislav glukhotko

O rolo-a-rolo, um dos segmentos analisados no relatório, deverá registar um crescimento CAGR de 11,2% e atingir os 2,3 mil milhões de dólares no final do período de análise. Após uma análise aprofundada das implicações empresariais da pandemia e da crise económica induzida, o crescimento do segmento DTG é reajustado a um CAGR revisto de 7,8% para o próximo período de 7 anos.

O mercado de impressão têxtil em digital, nos EUA, está estimado em 340,2 milhões de dólares no ano de 2021.  A China, a segunda maior economia do mundo, deverá atingir uma dimensão de mercado de 396,9 milhões de dólares até ao ano de 2026, atingindo um CAGR de 13,7% durante o período de análise. Entre os outros mercados geográficos de destaque estão o Japão e o Canadá, cada um com uma previsão de crescimento de 7,5% e 11%, respetivamente. Na Europa, prevê-se que a Alemanha cresça cerca de 8,3% da CAGR.

Espera-se que o mercado assista a um crescimento considerável ao longo do período previsto devido ao aumento da procura em relação à impressão sustentável, à adaptabilidade e redução do tempo de produção de designs para moda, às alterações nas indústrias de publicidade e vestuário, que registam uma maior procura no que diz respeito à impressão em digital, ao crescimento populacional, à diminuição do valor por unidade de impressão, bem como ao surgimento de novas tecnologias.

Outros fatores que se espera que impulsionem o crescimento do mercado da impressão têxtil digital incluem o aumento do rendimento disponível per capita nos países em desenvolvimento, o aumento da publicidade e à necessidade de produção em curto prazo. Além disso, a impressão têxtil é cada vez mais utilizada na decoração de interiores e no setor automóvel.

Há inovações tecnológicas, que incluem impressão 3D e hotmelt em termos de aplicação têxtil, que são suscetíveis de proporcionar novas oportunidades de crescimento. As empresas de impressão têxtil enfrentam uma enorme pressão no que diz respeito ao tempo de comercialização, amostragem mais rápida, eficiência, aumento das velocidades de impressão, design e flexibilidade, encontrando resposta na impressão digital.

Os têxteis impressos em digital representam atualmente uma parte muito pequena do mercado têxtil impresso global. Nas últimas décadas, a impressão digital para as indústrias gráfica, industrial, decoração e moda, tem sido em grande parte restrita à impressão e criação de amostras. No entanto, prevê-se maior disponibilidade de financiamento, baixo custo, aumento da produtividade e redução dos custos de tinta para impulsionar o crescimento do segmento.

Os recentes avanços na tecnologia do jato de tinta levaram estas indústrias a responder à procura de designs inovadores e de uma produção ambientalmente responsável, bem como à exigência de melhorar as operações da cadeia de abastecimento.