fbpx

Disponível a partir de janeiro de 2021, a C650, a nova impressora A4 a cores que a OKI refere ser a mais pequena do mundo, chega com a promessa de mais produtividade apesar do aspeto compacto.

Equipada com a tecnologia LED digital, a C650 imprime em diversos tipos de materiais, para produzir sinalética e materiais de marketing, entre outros tipos de documentos. O dispositivo imprime 35 páginas por minuto, com capacidade para processar suportes de 60 g/m2 até 256 g/m2, e de B8 até 1,32 m de comprimento.

OKI C650

A C650 disponibiliza acesso frontal completo, o que reduz significativamente o espaço necessário para utilizar a impressora. No que diz respeito à manutenção da C650, são apenas necessários 2 cm de espaço à volta para todas as operações.

“Os toners separados e tambores de longa duração permitem um elevado ciclo de impressão e a máxima utilização dos consumíveis, tornando-a ideal para organizações que procuram impressões a cores de grande volume e cobertura”, refere a marca em comunicado.

"Quando se trata de escolher a impressora certa, o espaço é algo muito importante a ter em consideração para muitas empresas", afirma Lee Webster, General Manager Product Marketing, da OKI Europe Ltd.

"Esta compacta, mas poderosa e robusta impressora irá, finalmente, cumprir todos os requisitos de muitas empresas, quer procurem um dispositivo para colocar na linha de produção, num armazém atarefado, num quiosque pequeno ou escritório de apoio", refere o executivo.

Para além de uma garantia alargada de 3 anos, no âmbito da campanha "Adapte-se hoje", a OKI está a oferecer um pack de Business Agility, de valor superior a 500 €, na compra de uma impressora C650 e de um conjunto de toners CMYK. O pack inclui uma subscrição gratuita, com registo necessário,* de seis meses do The Design Hub e do ABBYY FineScanner Premium; suportes de impressão específicos para cada setor de atividade e acesso a modelos e artes-finais.

As ferramentas e recursos referidos visam ajudar as empresas a adaptarem rapidamente a sua sinalética e comunicação gráfica às circunstâncias em constante mudança, como o cumprimento das orientações governamentais ou a adaptação a alterações nas tendências sociais e do mercado, sem terem de depender de fornecedores externos.