fbpx

Foi a 11 de março que a equipa da Finepaper decidiu entrar em isolamento voluntário, para proteger a equipa, clientes e fornecedores, no âmbito da pandemia da COVID-19. A agência continua a atividade em teletrabalho, com a exceção da unidade de produção que dá continuidade às necessidades dos vários clientes.

A atividade não quebrou, mas abrandou”, confirma Fernando Costa, COO da empresa. As atividades de design e paginação, por exemplo, continuam a decorrer com alguma normalidade. A Finepaper relata que, por exemplo, no caso das revistas com quem trabalham, as administrações decidiram manter a periodicidade, embora algumas tenham sentido a necessidade de diminuir as tiragens. “É tudo muito incerto”, diz, sublinhando que a equipa tem sido incansável para encontrar as melhores formas de continuar a dar apoio aos clientes.

Equipa FinepaperEquipa Finepaper

Ainda antes de Portugal entrar na fase de isolamento voluntário, a Finepaper já havia sentido alguns constrangimentos para conseguir cumprir com a entrega de trabalhos gráficos em outros pontos da Europa. Exemplo disso foi uma produção realizada para a companhia de cruzeiros Royal Caribbean que deveria ser entregue em França e que os parceiros da logística não asseguravam o prazo acordado. Consciente do compromisso assumido, a 8 de março, alguns elementos da Finepaper percorreram 3500 km para conseguir entregar o trabalho dentro do prazo estipulado.

Finepaper© Finepaper

No blog da empresa, Pedro Pereira, sales manager da empresa, assina um texto em que relata a experiência que tem vivido em isolamento social e a sua análise do que tem acontecido no mercado: Temos que nos reinventar e adaptar as nossas empresas ao momento que estamos a viver, percebendo como podemos colmatar faltas actuais e antecipar faltas futuras, melhorar os nossos procedimentos e seguir em frente. Neste momento, por exemplo, estamos a desenvolver um Departamento de Responsabilidade Ambiental na Finepaper. Este é um projeto, entre tantos outros que vamos mantendo debaixo de olho, que já vínhamos a pensar em linhas gerais há algum tempo, e que só agora viu a sua oportunidade de sair da gaveta. Estamos entusiasmados e cheios de vontade de fazer acontecer”, escreve Pedro. Fala ainda sobre as oportunidades que as empresas gráficas e as marcas podem encontrar nos tempos que vivemos.

A Finepaper é uma agência de produção gráfica com escritórios em Lisboa e Chicago, contando com uma carteira de clientes nacionais e internacionais de referência.