fbpx

Heat-Free Day é como ficará conhecido o dia 16 de março, numa iniciativa promovida pela Epson que já vai no segundo ano, para consciencializar para a importância de limitar o aumento da temperatura global e atingir a meta de diminuir 1,5°C. De acordo com dados do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), 2022 foi o ano mais quente em Portugal Continental.

"Ações simples para uma grande mudança positiva" é o mote que levará os parceiros da Epson a reunir clientes e comunidades para mostrar como mudanças simples e a adoção da tecnologia certa podem ajudar a atingir este objetivo. Diz a fabricante que uma utilização mais eficiente dos recursos desempenha um papel essencial na realização do objetivo de alcançar uma melhoria da eficiência energética de 35%, até 2030, tal como estabelecido no Plano Nacional Energia e Clima para 2021-2030 (PNEC 2030).

Heat Free Day

"A eficiência energética ainda é frequentemente negligenciada na tomada de decisões a nível individual, empresarial e governamental, e é importante tomar medidas sólidas nas escolhas que fazemos. Se existem duas soluções para a mesma necessidade de que oferecem as mesmas capacidades, mas uma é muito mais eficiente em termos de consumo de energia e emissões, porquê hesitar?" diz Pilar Codina, Corporate Sustainability Manager da Epson Ibérica.

A Epson continua a apostar em ações de sensibilização em toda a Península Ibérica. Nos primeiros três meses do ano, a Epson continuou o seu empenho em ações de reflorestação em Lisboa e Madrid, e continua a fazer progressos no investimento de 770 milhões de euros em ações de descarbonização e desenvolvimento sustentável em todo o mundo.

A equipa de pessoas da Epson está também a ajudar a sensibilizar para o dia através de conteúdos nos canais corporativos e nos seus próprios perfis nas redes sociais. A empresa apela urgentemente à cooperação para impulsionar uma transição sustentável a fim de limitar o aumento dramático da temperatura global.

A Epson e os seus parceiros estão a reunir PMEs portuguesas e espanholas para partilhar reuniões centradas em metodologias e ideias de transição sustentável para reduzir o calor gerado pela sua atividade, consumo de energia e impactos no planeta. Estas sessões têm lugar durante o mês de março em Portugal e Espanha.