fbpx

Alon Bar-Shany vai deixar a posição de diretor geral da HP Indigo, após 16 anos de liderança. Após um período de transição, o novo diretor-geral será Haim Levit, que já se encontra na empresa há 25 anos, e que desempenhou várias funções na América do Norte.

Num comunicado da HP à imprensa israelita, a multinacional declarou: “Estamos gratos ao Alon por tudo o que fez para fazer da Indigo a líder de mercado na impressão digital, e vamos beneficiar das suas muitas contribuições para o nosso negócio nos próximos anos."

Alon Bar-ShanyAlon Bar-Shany

Numa altura em que a HP está a passar uma reestruturação e deverá eliminar 16% dos postos de trabalho a nível mundial, Bar-Shany teria planos alternativos para poupar centenas de postos de trabalho nas fábricas em Israel. Aliás, o executivo já tinha conseguido o mesmo em situações semelhantes no passado. Porém, a situação relacionada com a pandemia do novo coronavírus e o adiamento da drupa levaram a que os cortes nos recursos humanos fossem inevitáveis.

Haim LevitHaim Levit

A HP conta com 2800 funcionários em Israel e uma força de trabalho de cerca de 1000 elementos em todo o mundo.