fbpx

O Grupo Porto Editora anunciou uma medida de apoio à tesouraria para as pequenas livrarias, obrigadas a fechar no âmbito da pandemia da COVID-19.

Assim, os pagamentos que deveriam ser realizados em fevereiro, março e abril poderão ser efetuados em maio, sem penalizações adicionais.

livros2 freepik© freepik

“Com esta medida, espera-se contribuir para a resiliência destas livrarias durante a vigência da atual situação pandémica, que o Grupo Porto Editora considera importantíssimas para a promoção do livro e da leitura”, refere o grupo em comunicado.

Adianta ainda que espera que seja possível que as editoras independentes retomem a atividade, mesmo com serviços mínimos, “para que os leitores possam ter, de facto, acesso ao livro”.