fbpx

Os resultados do 8º Drupa Global Trends Report, obtidos a partir de uma sondagem realizada na primavera de 2022, mostram que a confiança está em alta e todas as regiões e mercados e que estão previstos maiores investimento em 2023.

A indústria está, em média, em todo o mundo um pouco mais confiante para o futuro do na altura da última sondagem realizada em 2019, antes da pandemia. O mercado de Embalagens é mais forte, mas os mercados Comercial, Editorial e Funcional mostram sinais de recuperação em 2023. A nível regional, os níveis de confiança variam. Por exemplo, a Ásia e a América do Sul esperam melhores trocas comerciais em 2023, enquanto a Europa está em baixa, dada a guerra Rússia/Ucrânia e as suas consequências.

O investimento diminuiu, inevitavelmente, nos últimos dois anos, mas as gráficas e os fornecedores registaram planos fortes para o investimento de capital. Sabine Geldermann, Diretora de Tecnologias de Impressão da Messe Düsseldorf, comentou: "As gráficas e fornecedores sabem que devem inovar para terem sucesso a longo prazo. Os choques dos últimos dois anos marcaram o investimento, mas o inquérito indica que o setor espera que a recuperação comece em 2023. Todas as regiões e mercados preveem um maior investimento no próximo ano."

A confiança depende do mercado e da região

Globalmente, mais 18% das gráficas descreveram a condição económica da sua empresa como "boa" em comparação com as que a reportaram como "pobre". Para os fornecedores, o saldo líquido positivo foi ainda mais forte (32%). Como sempre, a confiança varia entre regiões e mercados. O mercado de Embalagens está a prosperar com o Editorial e o Comercial a enfrentarem mudanças estruturais da digitalização, mas com sinais de retorno de confiança.  A nível regional, o panorama é misto, com a Europa claramente preocupada com as consequências da guerra Rússia/Ucrânia, mas outros, por exemplo, a Ásia e a América do Sul/Centro, a esperar que o comércio aumente ainda mais em 2023, à medida que o ímpeto económico aumenta após a pandemia.

Infographics drupa Global Trends Report 1

Volume de impressão e planos de investimento

A análise do volume de impressão em 2022 por tipo de impressão, mostra um declínio contínuo no offset folha-a-folha nas gráficas comerciais, acompanhado por aumentos entre gráficas de Embalagem. Os volumes da flexo continuam a acelerar para os conversores de embalagem, enquanto todos os mercados reportaram volumes acrescidos no toner digital e no rolo-a-rolo a jato de tinta.

Apesar do declínio ativo do volume do folha-a-folha, este foi o tipo de impressão mais popular apontado para investimento em 2023 em todos os mercados, exceto em Embalagem, onde a flexo liderou, seguido do offset folha-a-folha. O toner digital foi o segundo objetivo mais popular em todos os outros mercados. O equipamento de acabamento é o segundo objetivo para o investimento após a aquisição de novas máquinas de impressão.

Web-to-Print

Embora não tenha havido praticamente aumento na proporção de volume de negócios nas instalações Web-to-Print entre 2014 e 2019, nos últimos dois anos dispararam as instalações. A nível global, desde 2019 tem havido um aumento de 17% do volume de negócios para 26% e este grande aumento reflete-se em graus variáveis em todos os mercados.

Pressões socioeconómicas e o mercado económico global

As pressões socioeconómicas estão a ter um grande impacto em todo o mundo, embora variem de influência entre regiões. Por exemplo, 62% das gráficas na Ásia escolheram as pandemias como a maior ameaça, enquanto na Europa essas foram escolhidas por 51%. E enquanto 32% das gráficas europeias escolheram guerras físicas, essas ameaças foram escolhidas por apenas 6% das da América do Sul/Central. Em vez disso, 58% das empresas apontaram a ameaça de recessão económica.

Richard Gray, Diretor de Operações da Printfuture, afirmou: "As pressões socioeconómicas são cada vez mais importantes tanto para as gráficas como para os fornecedores, tanto que 59% pensavam que estas eram agora tão importantes ou mais importantes do que as pressões do mercado de impressão."

O mercado económico mundial sofreu mais choques nos últimos dois anos do que em qualquer momento desde a Segunda Guerra Mundial. No entanto, o inquérito mostra que a impressão continua a ser um meio central de comunicação em todos os mercados e regiões e que, embora haja tempos difíceis pela frente, a indústria tem a confiança e a determinação de ter êxito. Um investimento estratégico sensato assegurará que as gráficas e os seus fornecedores prosperem, diz a organização da drupa.

Infographics drupa Global Trends 2

Sobre o estudo

As conclusões são retiradas do questionário realizado a mais de 500 decisores seniores de gráficas e fabricantes de máquinas em todo o mundo concluíram um inquérito alargado na primavera de 2022. O inquérito foi realizado pela Printfuture (Reino Unido) e Wissler & Partner (Suíça) em nome da Drupa.