fbpx

A Foricolor, em Perafita, é a primeira empresa portuguesa a receber a nova Revoria Press PC1120. Já instalada, o potencial da máquina vai ser revelado a parceiros e clientes da Fujifilm, num evento que decorre entre 16 e 17 de março.  No evento, foram apresentadas as forças do equipamento e anunciadas novas entradas no portefólio para breve.

Revoria PC1120

A Revoria Press PC1120 faz impressão com toner a seis cores (CMYK + ouro / prata / branco / verniz / toner especial para papel texturado) numa única passagem, sendo que as cores especiais podem ser aplicadas antes ou depois do CMYK. A máquina traz ferramentas de automação, diversas opções de alimentação e acabamento e visa simplificar e acrescentar valor aos produtos gráficos, permitindo uma maior margem na comercialização dos mesmos, devido às propostas especiais.

Revoria interior

Pedro Mesquita, Managing Director da Fujifilm Espanha & Portugal, afirmou, ao explicar o posicionamento atual da multinacional: “Temos um grande foco para que o nosso negócio possa gerar valor acrescentado aos nossos clientes”.

Filipe Marques, Country Manager da Fujifilm, mostrou-se satisfeito por Portugal ser um dos quatro países selecionados para a introdução dos equipamentos Revoria na Europa, ampliando a oferta da fabricante num segmento que ainda não estava a ser explorado a nível nacional. “Com a pandemia, verificámos que as tiragens têm baixado e isso dará ainda mais relevância a estas soluções de impressão”, comentou.

Pedro MesquitaPedro Mesquita, Managing Director da Fujifilm Espanha & Portugal

A Revoria Press PC1120 está equipada com um alimentador por sucção de ar e um eliminador de estática para uma maior estabilidade do papel. O alimentador é capaz de trabalhar com papel de diferentes espessuras, que abrangem desde o papel fino com 52 g/m2 até papel grosso com 400 g/m2, e os tabuleiros de papel são compatíveis com vários formatos de papel, desde papel pequeno de 98 x 148 mm até papel longo de 330 x 1,200 mm, e até 330 x 729 mm para a impressão de frente e verso. Imprime a uma velocidade de 120 páginas por minuto (A4 horizontal), com resolução de 2400 ppp com o toner Super EA-Eco.

 

O servidor de impressão Revoria Flow PC11 efetua o processamento RIP a 1200 × 1200 ppp e 10 bits de profundidade por cor (1024 gradações). O toner rosa expande a gama de cor, o que em impressões de imagens de pessoas melhora os tons de pele, tornando-os mais suaves quando as cores são intensas, por exemplo.

Miguel CarrilhoMiguel Carrilho explica as características técnicas

A Inteligência artificial (IA) permite correções automáticas para as imagens fotográficas. Cada imagem será automaticamente melhorada com base no respetivo nível de qualidade, como uma imagem demasiado escura/demasiado brilhante, exposição de retroiluminação, correção de tons de pele, ou o realce das tonalidades dos céus azuis.

O alinhamento pós-processamento, que pode ser usado para a dobragem de papel, o agrafamento da lombada, o corte de três vias e o agrafamento da lombada com acabamento de costas quadradas são algumas das opções disponíveis.

Filipe MarquesFilipe Marques, Country Manager da Fujifilm

“Somos novos nisto? Em Portugal sim, mas, no mundo não”, relembrou o Country Manager, que sublinhou os diversos investimentos da Fujifilm e as inovações nas mais variadas áreas, justificando os 41% de quota de mercado a nível mundial, as 1500 máquinas high-end e os 37000 equipamentos de entrada de gama instalados a nível mundial. Em Portugal chegam agora certas soluções que antes não poderiam estar disponíveis devido a acordos comerciais realizados com parceiros, a nível internacional.

Filipe Marques adiantou ainda que, além das máquinas já disponíveis, a Fujifilm vai ter novidades durante o ano fiscal de 2022 (que termina em março de 2023), sendo esperadas a introdução de duas novas opções na gama Revoria, uma de média produção e outra de entrada de gama, assim como adições ao portefólio de grande formato. “Na área do grande formato, na Fespa, vamos lançar novos equipamentos, quer de rolo quer de suporte rígido”, disse Filipe Marques.

Helder NogueiraHelder Nogueira recorda o potencial da Jet Press

Na “The Peak Performance Experience” foi ainda possível recordar as características da Jet Press, a máquina topo de gama da Fujifilm, uma vez que a primeira unidade, na Europa e em Portugal, foi instalada também na Floricolor.

Outros detalhes sobre o evento e a tecnologia serão publicados na próxima revista doPAPEL.