fbpx

A HP reuniu um grupo de parceiros e clientes para divulgar as ações que está a desenvolver para minimizar o impacto dos seus produtos e atividades no meio ambiente.

E, como o fez no Dia Mundial da Terra, a 22 de abril, comprometeu-se a plantar 1100 árvores, uma por cada participante no evento, num terreno de 60 hectares da Escola Profissional de Marco de Canaveses, na freguesia de Rosem. No local, que já foi severamente afetado por incêndios, será implementado um laboratório para a comunidade escolar e comunidade, e serão plantadas diversas espécies como, por exemplo, medronheiros, bétulas, azereiros, carvalho-português e azinheiras.

 HP dia da terra intro

“A tecnologia deve estar ao serviço da humanidade. Temas como a sustentabilidade ou a responsabilidade social não são novos para a HP, como vamos explicar, e não começámos a falar deles quando entraram na agenda mediática”, comenta José Correia, Managing Director da HP Portugal.

Do transacional ao serviço

Falar é simples, mas agir é que tem um verdadeiro impacto e essa ação começa nas mais pequenas escolhas, incluindo as dos equipamentos que necessitamos para as nossas casas. A HP recorda que a sustentabilidade é uma responsabilidade que deve ser partilhada por todos e que cada consumidor tem a responsabilidade de optar por fornecedores que cumprem com o que prometem, especialmente no que concerne à sustentabilidade ambiental.

HP dia da terra1

A nível dos produtos domésticos ou corporativos, a multinacional deu diversos exemplos do que já implementou nas suas operações. A empresa está a migrar os seus modelos de transacionais para a prestação de serviços.

Naquilo que chama de Print and Compute-as-a-Service, a empresa prevê a substituição automática dos consumíveis de impressão e de hardware-as-a-service, a pré-compra certificada, e a disponibilização de hardware através de programas que permitem que os consumíveis e equipamentos retornem à origem e sejam reparados e/ou reciclados, cumprindo os preceitos da economia circular e garantindo que não terminam em aterros como lixo eletrónico.

O cuidado com as matérias-primas

Em termos de materiais, a HP continua a aumentar a utilização de materiais renováveis e reciclados, substituindo todas as pequenas peças, especialmente as de plástico virgem, por materiais com melhor capacidade de renovação e reciclagem, sem comprometer a segurança dos mesmos durante o processo logístico. Desde 1991, a HP manteve mais de 875 milhões de consumíveis HP, 114 milhões de cabides de vestuário e 4,69 mil milhões de garrafas de plástico pós-consumo fora dos aterros para reciclar e fabricar novos produtos HP.

A HP compromete-se a que 75% da sua produção anual total de produtos e embalagens (por peso) seja proveniente de materiais reciclados e renováveis e de produtos e peças reutilizados até 2030. Estas ações ajudarão a atingir emissões líquidas de carbono zero em toda a cadeia de valor até 2040.

HP dia da terra2

Consumo energético e cadeia de abastecimento

A HP analisou também a própria cadeia de abastecimento e verificou onde poderia otimizar e reduzir: A utilização de eletricidade renovável, a adoção de transportes de superfície, a utilização de combustíveis alternativos e veículos elétricos são alguns dos aspetos relacionados com a cadeia de fornecimento. Já no capítulo do consumo energético, fez melhorias nas próprias tecnologias para desenvolver a eficiência dos mesmos. De acordo com as ambições de circularidade, as operações serão de "desperdício zero" nas suas instalações até 2025.  A organização de Apoio ao Cliente da HP será também neutra em termos de carbono, tanto na HP como nas operações geridas por parceiros, até 2030. A marca anunciou ainda que faz investimentos na floresta para que a fibra utilizada na impressão e embalagem provenha de materiais certificados ou reciclados. 

HP dia da terra3

Os esforços para o futuro

As medidas que a HP está a promover e que se baseiam na sua lista completa de objetivos para  2025, estão entre as ações climáticas mais ambiciosas no sector tecnológico e alinham com os objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Os principais objetivos e parcerias estão delineados aqui:

 

Objetivos:

- Atingir emissões neutras de gases com efeito de estufa (GEE) em toda a cadeia de valor HP até 2040, começando com a área dos consumíveis que visa alcançar a neutralidade de carbono até 2030

- Reduzir as emissões de GEE da cadeia de valor HP em 50% até 2030

- Atingir neutralidade de carbono e zero resíduos nas operações da HP até 2025

- Atingir 75% de materiais reciclados em circuito fechado para produtos e embalagens até 2030

- Manter desflorestação zero na produção de papel HP e embalagens à base de papel

- Combater a desflorestação de papel não-HP utilizado nos produtos e serviços de impressão HP até 2030

 

Novas parcerias:

- Expansão da HP Sustainable Forests Collaborative

- Patrocínio do Mercado Digital do Forest Stewardship Council

- Adesão ao Ocean Conservancy’s Trash Free Seas Alliance® Steering Committee

Visite os seguintes links para mais detalhes