fbpx

A Google está a investir €25 milhões para ajudar no lançamento do ‘Fundo Europeu para os Media e Informação’.

A iniciativa, que vai apoiar o trabalho do European University Institute, do European Digital Media Observatory e da Fundação Calouste Gulbenkian, visa reforçar as competências na literacia digital, combater a desinformação e apoiar a verificação de factos. O objetivo é garantir que o utilizador receba informações com a precisão que merece.

Os desafios incluem ajudar adultos e jovens a reforçar as competências em literacia digital; apoiar e escalar o trabalho crítico dos verificadores de factos e reforçar as competências, a investigação e os recursos para ajudar ao combate à desinformação.

“Ao mesmo tempo que navegamos nas incertezas e nos desafios do ano passado, ficou provado que é mais importante do que nunca que as pessoas acedam a informações precisas e separem factos da ficção”, refere Matt Brittin, Presidente da EMEA Business & Operations

“Enquanto primeiros contribuintes para o ‘Fundo Europeu para os Media e Informação’, saudamos e encorajamos outras organizações a seguirem a nossa liderança e a apoiar este importante trabalho. É claro que há uma procura não satisfeita por financiamento e investigação, com menos de um em cada dez europeus a ter participado em qualquer forma de formação em literacia digital online, de acordo com um relatório recente, adianta.

O Fundo vai estar aberto a propostas de académicos, organizações sem fins lucrativos e editores com sede na União Europeia, Islândia, Liechtenstein, Noruega, Suíça e Reino Unido. Comités independentes irão selecionar as ideias vencedoras e a Google não estará envolvida em qualquer processo de tomada de decisão.