fbpx

A iniciativa Print Against War visa reunir o apoio de gráficas, conversores, editores, influenciadores e fornecedores da indústria para que se unam no apoio aos colegas ucranianos.

Os objetivos da organização estendem-se à capacidade contínua de ajudar a restaurar o tecido socioeconómico da indústria gráfica em qualquer região afetada pela guerra.

Print against war

A iniciativa sem fins lucrativos partiu da Meaningful Print Foundation para ajudar as empresas ucranianas a continuarem a operar, ou para fornecer apoio quando puderem recomeçar as suas produções. Em conjunto, a Print Against War e a Meaningful Print Foundation querem mobilizar a indústria global para ajudar as partes interessadas a lidar com guerras, desastres naturais, epidemias/pandemias e outras ocorrências prejudiciais e disruptivas. Além disso, a fundação trabalhará em projetos de longo prazo que capacitem a indústria para ter um impacto positivo no planeta, abordando a igualdade de género, a neutralização do carbono, a produção sustentável, a educação para estudantes carenciados e a inclusão de pessoas com deficiência na força de trabalho.

Como serão angariados os recursos?

O programa está aberto a ofertas de ajuda de fornecedores, gráficas e quaisquer outros membros da comunidade de impressão. Para incentivar a recolha de donativos de uma ampla base de utilizadores, a Print Against War propõe que as empresas adicionem uma opção voluntária de doação de check-out às suas lojas online. Isto permitirá que uma ampla base de designers, agências, fornecedores de serviços de impressão e indivíduos em todo o mundo contribuam. Além disso, é possível fazer doações diretas ou oferecer outras formas de ajuda material (por exemplo, fornecer consumíveis, papel, etc., gratuitamente ou a preços especiais). Por último, a Print Against War está a trabalhar para criar alianças entre gráficas na União Europeia e as da Ucrânia, para a partilha de empregos.

Como serão alocados os recursos?

A fundação está a criar uma aplicação para tornar transparente a alocação de recursos. Através do seu conselho de supervisão, avaliará caso a elegibilidade do requerente e a bondade dos projetos a apoiar. Todos os projetos financiados serão visíveis.

Dentro da iniciativa e no site, a Print Against War pretende fazer relatos e dar voz a empresas ucranianas através de entrevistas escritas e em vídeo, assim como recolher mensagens de solidariedade de personalidades da indústria.

A WhatTheyThink, uma organização independente de meios de comunicação social, comenta: "Somos solidários com aqueles que estão a tentar combater este tipo de guerra e opressão, e defendemos valores democráticos. A liberdade de expressão, comunicação e impressão sempre foram uma grande parte disso."

Marcus Timson, cofundador da Future Print, diz: "Encorajamos qualquer pessoa do setor da impressão, em qualquer parte do mundo, a ajudar os nossos irmãos e irmãs na Ucrânia a reconstruir os seus negócios e a apoiar esta fantástica iniciativa."

Já Alon Bar-Shany, presidente da Highcon e ex-diretor geral da HP Indigo, diz: "Porque no final, a guerra acaba. E a vida volta. Como indústria de impressão, acho que queremos ajudar os nossos colegas."

A organização também pediu à duomedia, uma agência de relações públicas, que ajudasse a aumentar a sua visibilidade e a obter apoio adicional.

"Para além dos esforços humanitários que indivíduos, famílias e empresas estão a fazer para apoiar a população ucraniana e os refugiados, acreditamos que uma resposta a nível da indústria é essencial", diz Lorenzo Villa, cofundador da Meaningful Print Foundation. "A Print Against War é o primeiro projeto global de divulgação e apoio a um mercado regional de impressão e embalagem em necessidade. Contamos como apenas o primeiro que a Meaningful Print Foundation será capaz de coordenar no futuro."

A plataforma já se envolveu em conversas com várias empresas ucranianas. Convidamo-lo a ler mais sobre as suas histórias aqui.

Para dar o seu apoio, junte-se à comunidade global Print Against War.