fbpx

Miguel Carrilho é agora o responsável pela área digital, na divisão Graphic Systems da Fujifilm, na zona sul.  

Sobre o desafio diz: “fui trocando alguns toners e peças de desgaste, ganhei consistência de cor. Fiquei mais uniforme do inbord para o outbord e vice-versa. Adquiri conhecimento, construi layers e ganhei a Key da impressão CMY, que me dá a experiência necessária para hoje poder ajudar os clientes e trabalhar o sector gráfico, conseguindo também a confiança da Fujifilm para trabalhar toda a área de impressão digital na zona sul do país”.

Miguel Carrilho

Natural de uma pequena Vila do Alto Alentejo, Miguel Carrilho fez formação no Instituto Politécnico de Tomar, em Design e Tecnologia das Artes Gráficas. “São nestes anos de curso que tenho o primeiro contacto com as artes gráficas. Verdade seja dita que lidava todos os dias com a indústria gráfica, mesmo sem perceber a importância da área para o nosso dia-a-dia”, diz Miguel Carrilho.

Em 2014 partiu para São Miguel, nos Açores, onde iniciou a carreira profissional como Designer Gráfico. Um ano mudou-se para Torres Vedras e começou a trabalhar em Produção Gráfica, e é na Zona Oeste que começa o percurso na área comercial no mercado de impressão digital de pequeno formato. Passou por outras empresas fabricantes no mercado e hoje desempenha funções de Area Manager South - Digital | Graphic Systems, na Fujifilm Portugal.

Filipe Marques, diretor da unidade de negócio de sistemas gráficos na Fujifilm Portugal, comenta: “Consideramos que seria importante reforçar a nossa equipa no Sul e nomeadamente na área digital. Queremos estar preparados para responder às necessidades do mercado e à expansão do nosso portfólio de produtos dedicado à impressão digital. As competências e o perfil pessoal do Miguel vêm contribuir ativa e positivamente para este objetivo, solidificando o serviço que queremos assegurar aos clientes”.