fbpx

A Agfa vai implementar um novo aumento nas chapas para impressão offset, que se segue ao já anunciado no mês de abril.

“O aumento contínuo dos custos das matérias-primas, nomeadamente de alumínio, energia e materiais de embalagem, em combinação com as elevadas taxas de logística, tornam inevitáveis os ajustes dos preços.

O preço do alumínio, o componente-chave de uma chapa de impressão offset, atingiu o seu pico em junho em mais de 2500 dólares/tonelada. Os preços dos materiais de embalagem quase duplicaram em alguns meses. Os serviços de transporte e de mercadorias continuam sob forte pressão em termos de disponibilidade e custo”, justificou a fabricante.

Os preços das chapas offset deverão aumentar até 10%, a partir de 1 de agosto de 2021, conforme os contratos o permitirem. Novos aumentos podem surgir se a tendência se mantiver, explica a Agfa.