fbpx

O mais recente estudo da Two Sides, “Paper's Place in a Post-Pandemic World” tem como objetivo compreender a mudança da percepção dos consumidores em relação à impressão, papel, embalagem de papel e produtos de tecido.

Os resultados do estudo de 2021 mostram que, embora o papel mantenha o seu lugar como um elemento vital de comunicação e para embalagens, subsistem equívocos sobre o impacto ambiental da indústria do papel.

"Este relatório mostra que há muitos equívocos ambientais em torno da impressão e dos produtos de papel", diz Jonathan Tame, diretor-geral da Two Sides Europe. "Muitos consumidores acreditam que as florestas europeias estão a diminuir de tamanho, subestimam maciçamente a taxa de reciclagem de papel e não compreendem a natureza sustentável dos produtos de papel. Estes mal-entendidos tornam o trabalho que fazemos com Two Sides e Love Paper ainda mais vital."

Mundo papel Pikisuperstar© Pikisuperstar

O estudo concluiu que os consumidores continuam a acreditar que as florestas estão a diminuir, com 59% dos consumidores do Reino Unido a acreditarem que as florestas europeias estão a diminuir. Na realidade, entre 2005 e 2020, as florestas europeias cresceram 58.390km2 – uma área maior do que a Suíça e equivalente a 1500 campos de futebol de crescimento florestal todos os dias. Outras conclusões do inquérito relativo ao crescimento florestal revelam que apenas 9% dos consumidores do Reino Unido entendem que as florestas europeias estão a crescer; que os jovens entre os 18 e os 24 anos (Geração Z) têm a maior convicção de que as florestas estão a diminuir (69%) e que embora mais pessoas acreditem que as florestas estão a crescer (9% contra 4% em 2013), há ainda uma lacuna significativa na compreensão.

As elevadas taxas de reciclagem para embalagens de papel e papel não são apreciadas

Outro equívoco comum sobre a indústria do papel é a quantidade de papel que é reciclado. O inquérito concluiu que apenas 17% dos consumidores do Reino Unido acreditam que a taxa de reciclagem de papel ultrapassa os 60%. Além disso, 46% acreditam que as embalagens de papel e papel são desperdiçadas. Na realidade, a taxa de reciclagem de papel da Europa é atualmente de 72%, com embalagens de papel ainda mais altas em 84%.

Em 2019, um total de 57,5 milhões de toneladas de papel foram recolhidas e recicladas na Europa. Entre os consumidores entre 18-24 anos, apenas 12% consideraa que a taxa de reciclagem de papel ultrapassa os 60% e 66% dos consumidores acham que só deve ser utilizado papel reciclado.

Papel vs. comunicação eletrónica

O ano passado acelerou o crescimento da comunicação eletrónica, com reuniões, eventos e negócios do dia-a-dia a serem conduzidos online e os consumidores a dependerem mais de notícias online. Embora a conveniência e a capacidade de trabalhar em casa sejam, sem dúvida, os principais impulsionadores desta mudança, o impacto ambiental das comunicações digitais é muitas vezes negligenciado.

Os produtos de papel e impressão estão entre os emissores de gases com efeito de estufa mais baixos em 0,8%, enquanto a indústria das TIC representa 2,5 a 3% das emissões globais de gases com efeito de estufa, prevendo-se que este número suba para 14% até 2043.

Apesar disso, 66% dos consumidores inquiridos no relatório consideram que a comunicação eletrónica é mais amiga do ambiente do que a comunicação em papel.