fbpx

As fontes Type 1 (também conhecidas como PostScript, PS1, T1, Adobe Type 1, Multiple Master ou MM) vão deixar de ter suporte pelas aplicações da Adobe, a partir de janeiro de 2023.

Adobe Type1

Os tipos de letra tipo 1 foram introduzidos pela Adobe em 1984 para serem usados com o PostScript, e tornaram-se amplamente utilizados com a difusão de software da marca e impressoras que poderiam usar PostScript. Em 1996, os produtos e o desenvolvimento da Adobe começaram a concentrar-se na utilização de fontes OpenType.

“São um formato prectilizado dentro da indústria de fontes, substituído pelos conjuntos de glifos maiores e possibilidades técnicas mais robustas de tipos de formato OpenType”, justifica a multinacional.

Embora o uso de fontes Type 1 ainda seja suportado por alguns sistemas operativos, já não é suportado em muitos ambientes para plataformas modernas, incluindo navegadores web e sistemas operativos mobile. A falta de suporte para informações unicode limita a sua capacidade de suportar conjuntos de caracteres linguísticos estendidos.

A partir de janeiro de 2023, alguns produtos, incluindo aplicações Document Cloud, continuarão a exibir e a trabalhar com fontes Type 1. As aplicações da Adobe não reconhecerão esses tipos de letra, mesmo que as tenha instaladas no seu sistema operativo para desktop.

Os dados incorporados em tipos de ficheiros, como EPS e PDF, não serão afetados por esta alteração, desde que sejam colocados para exibição ou impressão como elementos gráficos. Se esses ficheiros forem abertos para edição, em aplicações como Illustrator ou Photoshop, desencadearão um erro de "tipos de letra em falta".

Muitas fontes publicadas pela Adobe Type no passado (como a Adobe Originals) estão disponíveis gratuitamente no serviço Adobe Fonts com a subscrição Creative Cloud. Licenças perpétuas para estes e outros tipos de letra OpenType publicados pela Adobe estão disponíveis para compra através da Fontspring.

Os utilizadores que compraram fontes Type 1 não pertencentes à Adobe devem contactar os criadores para saber se está disponível um upgrade para o formato OpenType.