fbpx

É nas Caldas da Rainha, na Escola Superior de Artes e Design, que se inaugura, a 24 de março, a exposição “Medo do Futuro?”.

É uma exposição multidisciplinar que junta a experimentação sonora de Ricardo Jacinto com a expressão performática de Arkadi Zaides, na exploração de indícios destrutivos e tóxicos que conduzem ao medo e à sua superação. As obras apresentadas são INFINI#1, de Arkadi Zaides, e MEDUSA (for Infini#1), de Ricardo Jacinto.

“O medo é uma sensação que vive dentro de nós e que nos persegue: medo do desconhecido, medo de falar, medo de contrariar, medo de calar, medo de amar, medo de olhar, medo de magoar, medo de experienciar a insegurança física, a falta de emprego, a instabilidade económica, a falta de empatia e o preconceito.  

O medo pode ser, ao invés, o começo de uma nova sabedoria, um mecanismo de aprendizagem, de sobrevivência da espécie e do indivíduo, através do qual tomamos consciência dos perigos. O tempo não para e não olha para trás. Valerá a pena encarar o medo como um desafio a ser superado? Poderá essa superação construir um futuro mais firme para as próximas gerações? Poderemos escrever uma nova história para a humanidade, vencendo o medo através da consciência e da expansão de valores?”, refere a organização.

Arkadi Zaides, natural da Bielorrússia, é um coreógrafo, dançarino e professor independente. Imigrou para Israel em 1990 e atualmente vive em França. Trabalha como coreógrafo freelancer desde 2004 e muitos dos seus trabalhos foram exibidos em inúmeros festivais internacionais em todo o mundo.

Ricardo Jacinto, natural de Leiria, é um artista plástico português e violoncelista focado na relação entre o som e o espaço. Vive e trabalha em Lisboa e Belfast. É licenciado em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa e em Escultura e Artes Visuais Avançadas na Ar.Co em Lisboa, e doutorado em Música e Artes Sonoras pelo Sonic Arts Research Center em Belfast. Desde 1998 tem apresentado o seu trabalho em exposições individuais e coletivas, concertos e performances em Portugal e na Europa, e tem colaborado extensivamente com outros artistas, músicos, arquitetos e performers. É membro fundador da OSSO - Associação Cultural.

O CUBÍCULO é um projeto criado no âmbito da licenciatura de Programação e Produção Cultural que se propõe programar e produzir eventos culturais das principais áreas disciplinares da ESAD.

A curadoria e a produção deste evento foram asseguradas pelos alunos André Viola, Lara Peças, Luís Ferreira, Nazar Skrabut, Telma Peças e Usha Ramgi, do segundo ano da licenciatura em Programação e Produção Cultural.

A exposição pode ser visitada até 2 de abril.

 

Cubículo: Fundação
Medo do Futuro?
Arkadi Zaides e Ricardo Jacinto

25 de Março a 02 de Abril
Segunda a Sexta, das 10h00 às 20h00
Hall do Auditório 1
ESAD.CR
Rua Isidoro Inácio Alves de Carvalho, 2504-917 Caldas da Rainha
Inauguração: 24 de Março, 18h00
ENTRADA LIVRE