fbpx

Depois dos incêndios de 2017 que levaram à devastação de 80% da sua área, há várias empresas que estão a participar na ajuda à reflorestação. A Epson decidiu apoiar a causa e levou vários parceiros, colaboradores e clientes a plantar 1250 árvores.
“A sustentabilidade faz parte do nosso ADN e está na base de tudo o que fazemos. Num ano em que Lisboa será a European Green Capital, o compromisso individual e coletivo é mais importante do que nunca”, comenta Joan Escoté, CSR Manager da Epson para Espanha e Portugal.  
Epson no Pinhal de Leiria2
 
O pinhal de Leiria foi criado pelo Rei D. Dinis e tem cerca de 11.000 hectares, e foi no talhão 46 que se plantaram as espécies mencionadas.
 
“Na Epson, estabelecemos a iniciativa Visão Ambiental 2050, um objetivo que criámos para lidar com as mudanças climáticas e no qual estamos a trabalhar. Queremos atingir este marco focando o nosso trabalho na proteção do clima e da biodiversidade, mas também na sustentabilidade e na economia circular, para que nossa estratégia seja mais completa”, acrescenta Joan Escoté.
 
A Epson quer contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade sustentável, aproveitando ao máximo as tecnologias eficientes para reduzir o impacto ambiental dos próprios produtos e serviços no ciclo de vida. 
Epson no Pinhal de Leiria4
 
 
Juntamente com os seus clientes e colaboradores, desenvolvem e participam em programas que promovem a responsabilidade e a conscientização ambiental em diversas áreas, assim como adotam um comportamento cívico ecológico na empresa, tecnologia ecológica, comunicação ecológica e educação ecológica.
 
A Epson mantém o compromisso com a redução das emissões de GEE, de acordo com os objetivos estabelecidos com o acordo de Paris, e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. 
Epson no Pinhal de Leiria3