fbpx
DP - PACKAGING
Login
Atualizado a 21 Nov, 2019

Expresso lidera na banca e no digital, revela IMPRESA

Expresso

O grupo IMPRESA revelou os resultados do 3.º trimestre do ano, que mostram um aumento de 1,5 M€ face ao mesmo período em 2018.

Para esses resultados contribui o sucesso da SIC assim como a área de Publishing, com o Expresso a posicionar-se como o jornal mais vendido em Portugal.

Segundo a APCT, o Expresso vendeu uma média de 83 mil exemplares vendidos, de janeiro a junho de 2019.

Aliás, a mesma publicação tem conseguido também a liderança na circulação digital paga, vendendo, em média, mais de 26 mil exemplares por edição. Em setembro, o site do Expresso atingiu o melhor resultado de sempre: 13 385 milhões de visitas e um total de 33 326 milhões de page views, a representar um crescimento de 57,8% e de 34,7% em relação a 2018.

As receitas totais do grupo IMPRESA atingiram 130 M€, um crescimento de 4,0%, relativamente ao volume de negócios dos primeiros 9 meses de 2018. Para este valor contribuiu um aumento nas receitas de publicidade (+5,4%) e de IVR’s (+94,2%).

No que diz respeito ao acumulado a setembro, a IMPRESA atingiu receitas consolidadas de 130 M€, mais 4% que o período homologo de 2018.

O EBITDA consolidado foi positivo em 14,8 M€, uma melhoria de 17,7% face ao valor apurado no período homólogo de 2018, em que as contas apresentavam um EBITDA de 12,5 M€.

O resultado líquido no final de setembro de 2019 situa-se em 2,9 M€ positivos, superior em 101,9% (+1,5 M€) ao valor de 2018. A dívida remunerada líquida diminuiu 10,5 M€, em termos homólogos, situando-se em 179,1 M€.