fbpx
DP - PACKAGING
Login
Atualizado a 6 Dec, 2019

Tetra Pak torna-se pioneira na utilização de polímeros de origem vegetal certificados

Tetra Pak Certificação Bonsucro

A Tetra Pak, em parceria com a Braskem, é a primeira empresa na Indústria Alimentar e de Bebidas a utilizar polímeros de origem vegetal com certificação Bonsucro, para a produção das suas embalagens.

A certificação garante a produção sustentável da matéria-prima utilizada, a cana-de-açúcar.

A utilização de materiais de origem vegetal permite uma redução significativa das emissões de gases com efeito de estufa além de impulsionar a economia e reduzir o recurso de matérias não-renováveis. No caso da Tetra Pak, os polímeros de origem vegetal, produzidos a partir da cana-de-açúcar, podem ser utilizados tanto na laminação como nas tampas das suas embalagens.

A Braskem, produtora de resinas termoplásticas, obteve a certificação Bonsucro para 100% do volume de bioetanol derivado da cana-de-açúcar.

“A preocupação ambiental dos consumidores é cada vez maior, o que se reflete no processo de decisão de compra e na ligação que estabelecem com as marcas. Hoje em dia, 91% dos consumidores procuram certificações ambientais e ecológicas visíveis nos produtos que adquirem e, neste sentido, a certificação Bonsucro vem permitir aos nossos clientes diferenciarem-se no mercado de forma credível e fidedigna, ao informarem os consumidores sobre a origem dos materiais utilizados nas suas embalagens” declara Mário Abreu, Vice-Presidente da área de Sustentabilidade da Tetra Pak.

“Os nossos polímeros de origem vegetal são totalmente rastreáveis, desde a própria origem da cana-de- açúcar. Acreditamos que a utilização de recursos de origem vegetal é essencial para uma economia circular assente em baixas emissões de carbono. No futuro, todos os polímeros que utilizarmos serão de origem vegetal ou reciclados”, acrescenta o responsável.

Gustavo Sergi, responsável pela Unidade de Negócios Renováveis da Braskem, afirma: “Há mais de 10 anos que temos vindo a trabalhar com a Tetra Pak e esta certificação Bonsucro reforça o Programa de Compra Responsável de Etanol da Braskem, ao confirmar a segurança e o controlo de toda a cadeia de fornecimento da cana-de-açúcar, desde a origem dos terrenos onde é cultivada”.


Danielle Morley
, CEO da Bonsucro, explica: “A Bonsucro funciona como uma plataforma global de ação coletiva para acelerar a sustentabilidade da produção e do processamento da cana-de-açúcar. Trabalhar com a Tetra Pak para esta certificação nas suas embalagens é um marco histórico. Os consumidores podem estar seguros de que os nossos requisitos de sustentabilidade foram cumpridos. Estamos entusiasmados para continuar a apoiar as práticas responsáveis da Tetra Pak e a diferença que o uso sustentável e certificado da cana-de-açúcar pode fazer na produção de embalagens com origem vegetal”.

Por um “Planeta Positivo”

A substituição de materiais de origem fóssil por materiais de origem vegetal no fabrico de embalagens insere-se na iniciativa “Planeta Positivo” (Planet Positive), recentemente lançada pela Tetra Pak. Dirigida à Indústria Alimentar e de Bebidas.

O objetivo é incentivar as empresas a implementarem práticas e políticas sustentáveis, através de medidas coletivas que respondam aos desafios ambientais atuais e que apoiem uma economia circular baixa em emissões de carbono.

A Tetra Pak aposta na certificação do Forest Stewardship Council® (FSC®) e desde 2007 já produziu mais de 500 mil milhões de embalagens com o selo FSC®.

O logo da certificação Bonsucro vai estar disponível para colocação nas embalagens da Tetra Pak a partir do primeiro trimestre de 2020.

A Bonsucro é uma organização global sem fins lucrativos criada para promover a produção, o processamento e o comércio sustentáveis da cana-de-açúcar a nível global. A Bonsucro apoia uma comunidade de mais de 500 membros distribuídos por 40 países e pelas diferentes fases da cadeia de valor da cana-de-açúcar, incluindo agricultores, moleiros, comerciantes, compradores e a sociedade civil envolvida.