fbpx
DP - PACKAGING
Login
Atualizado a 12 Dec, 2019

Mercado de dispositivos médicos impressos em 3D vai valer € 5,5 biliões até 2029

3DPrint

A consultora IDTechEx concluiu um estudo em que relata que o mercado de dispositivos médicos e dentários impressos em 3D vai valer € 5,5 biliões no ano de 2029. Refere que está em rápido crescimento com taxas anuais compostas de até 18% em certos subsegmentos.

A impressão 3D está a mudar a forma como obtemos medicamentos personalizados, sendo que a IDTechEx descreveu o setor de próteses auditivas como um que foi transformado pela tecnologia de impressão 3D. A precisão melhorou o conforto do paciente ao mesmo tempo que diminuiu os tempos de produção.

 A impressão 3D cria aparelhos invisíveis

A impressão 3D está a crescer na odontologia. Exemplo disso é o aparelho Invisalign, produzidos nas impressoras ProX SLA da 3D Systems. O Invisalign é projetado para ser atraente, especialmente para pacientes adultos que desejam minimizar o aspeto de estar a utilizar aparelhos ortodônticos. Além disso, como um dispositivo que pode ser removido, o paciente não tem nenhuma dificuldade a comer e a higiene oral é simplificada. Embora esses dispositivos possam não ser adequados para tratar todo os pacientes, têm sido usados para tratar quase 6 milhões de pessoas em todo o mundo.

Próteses acessíveis para crianças em crescimento

Um movimento inspirador é o uso de impressão 3D para criar próteses acessíveis para crianças. As próteses tradicionais podem custar entre $5 000 e $50 000 ( €4500 ou €45 000) e fornecer um desafio financeiro para os pais, já que as crianças necessitam de uma nova prótese a cada poucos meses.

Organizações de beneficiência, como a e-NABLE estão a utilizar a impressão 3D para criar mãos e braços, a partir de projetos de código aberto, para aliviar essa carga aos pais em todo o mundo. Não só as próteses são acessíveis, como os tempos de produção são reduzidos em relação ao longo processo de personalização de próteses tradicionais.