fbpx

A ALTRI e a GreenVolt celebraram, com a V-R EUROPE, um Memorando de Entendimento com natureza não vinculativa que materializará a internacionalização da companhia portuguesa de energias renováveis. 

No âmbito deste acordo, perspetivam as partes, que a V-R EUROPE venha a realizar na GreenVolt, em simultâneo com o respetivo IPO, em termos ainda a definir, um aumento de capital social que poderá decorrer na modalidade de entradas em espécie, constituído pela totalidade das ações representativas do capital social e dos direitos de voto da sua subsidiária V-Ridium Power Group, por um preço de subscrição correspondente ao preço máximo do intervalo a ser estabelecido no âmbito da operação IPO da GreenVolt, e com base numa avaliação da V-Ridium correspondente a 56 milhões de euros, ao qual poderão acrescer 14 milhões de euros mediante o cumprimento de objetivos a definir. 

Altri Greenvolt

A V-Ridium é uma sociedade que opera no setor das energias renováveis com uma abrangência pan-europeia, e que tem em pipeline projetos eólicos e solares, maioritariamente na Polónia e na Grécia, com cerca de 2.800 MW dos quais, mais de 1.500 MW, se encontram em fase adiantada de desenvolvimento. 

  Por efeito da realização da Subscrição, a GREENVOLT passará a deter a totalidade do capital social e direitos de voto da V-Ridium, passando por sua vez a V-R EUROPE a ser titular de uma participação qualificada no capital social da GREENVOLT, em percentagem determinável no IPO, contribuindo assim para maior dispersão do mesmo. 

A ALTRI esclarece ainda que, dada a natureza não vinculativa do MoU e as condições suspensivas a que a operação se encontra sujeita, não existe ainda certeza quanto à concretização desta projetada operação, mas que informa o mercado da possibilidade de, em simultâneo e no contexto do IPO, uma participação qualificada representativa do capital social e dos direitos de voto da GREENVOLT poder vir a ser detida por um acionista pré-determinado, a V-R EUROPE, em consequência da possível concretização desta operação. 

A subscrição, a concretizar-se, ficará sempre sujeita à verificação de um conjunto de condições precedentes habituais em operações desta natureza, tais como a realização satisfatória de uma due diligence confirmativa, a negociação e celebração dos inerentes acordos transacionais, a obtenção das autorizações regulatórias aplicáveis e ainda a avaliação das entradas por um revisor oficial de contas independente.

A V-R EUROPE conferiu, no mencionado MoU, em benefício da ALTRI e da sua subsidiária GREENVOLT, exclusividade nas negociações com vista à conclusão desta transação, até 31 de outubro de 2021. 

A possível concretização da operação acordada no mencionado MoU, enquadra-se no projeto de expansão nacional e internacional da GREENVOLT para a expansão do seu negócio nos sectores das energias eólica e fotovoltaica no contexto europeu.