Login

Heidelberg compra Gallus e reorganiza-se

A Heidelberg anunciou que vai fazer a aquisição do restante capital da Gallus, onde já detinha 30% desde 1999. A Gallus é uma das principais fornecedoras para a indústria de embalagem e etiquetas no Mercado, que em 2013 teve um resultado de 188 milhões de francos suíços (aproximadamente 153 milhões de euros) e conta com cerca de 500 funcionários.

Ler mais...

 

A aquisição acelera o desenvolvimento e a utilização de produtos digitais da Heidelberg no sector dos rótulos. No Outono, a Heidelberg e a Gallus vão lançar um novo sistema de impressão digital para o mercado de etiquetas que incorpora a tecnologia Fujifilm.

 

Nos próximos seis meses, a Heidelberg vai avaliar as linhas de produtos com fracas margens e, eventualmente, descontinuar alguns segmentos de produtos. A última fase da reorganização, iniciada há 18 meses quando o CEO Gerold Linzbach foi nomeado, visa uma margem de EBITDA de pelo menos 8% no próximo ano financeiro. A Heidelberg confirmou ainda que os números preliminares apontam para vendas na casa de 2,4 biliões de euros.


A Heidelberg anunciou um plano para cortar custos e consolidar as suas localizações ao realocar 500 funcionários ligados à administração da sede da Heidelberg para a fábrica de Wiesloch/Walldorf. O objectivo da mudança é criar um gigantesco demo center tanto para a impressão comercial como para o sector da embalagem. O que não ficou claro é se a empresa vai manter o edifício da Print Media Academy, inaugurado em 2000, altura em que se comemoraram os 150 anos da companhia.
Linzbach afirma que a Heidelberg vai procurar “soluções concretas” para investir ou adquirir novos negócios.


A parceria com a Fujifilm foi, também, expandida, com a Heidelberg a fazer a venda das chapas da Fujifilm no mercado da Escandinávia e um novo acordo vai levar a que a Fujifilm apresente os CtPs da Heidelberg como uma opção adicional, estando o acordo a ser tratado isoladamente em cada país.


“A Heidelberg do passado era famosa pela qualidade das suas máquinas de impressão. E queremos manter essa qualidade na engenharia. Mas a Heidelberg de amanhã também será conhecida pela qualidade dos seus serviços” referiu Linzbach, depois de explicar que o departamento de serviços já representa biliões de euros e ainda tem potencial de crescimento.

 

Irlanda aprova padronização da embalagem do tabaco

Ler mais...A Irlanda vai ser o primeiro país, na Europa, a padronizar as embalagens de tabaco. Foi aprovada uma lei contra a publicidade do tabaco, sendo especificado ainda que todos os maços de cigarros e de tabaco vão ter a mesma cor e a marca será escrita com o mesmo tipo de letra na parte inferior da embalagem.

O design gráfico da embalagem deverá conter imagens de doenças relacionadas com o consumo de tabaco. A Austrália e a Nova Zelândia foram os primeiros países a implementar estas medidas

A medida é similar à aplicada pelo governo australiano, primeiro país do mundo a obrigar as companhias de cigarro a padronizar as embalagens de cigarro, medida que depois foi implementada pela Nova Zelândia.O objectivo é tornar o tabaco menos apelativo para os jovens e, ao mesmo tempo, destacar os problemas causados pelo vício.
O governo irlandês estima uma redução de 5%, no prazo de 11 anos, o que reduziria os custos de saúde derivados do tratamento de doenças provocadas pelo tabaco, estimados em 650 milhões de euros por ano.

Jovens da UBI vencem Glassberries

Ler mais...A Universidade da Beira Interior foi a grande vencedora da edição de 2014 dos Glassberries Design Awards. O desafio era desenvolver uma garrafa de vodca. Luís Gomes e Cristiano Narciso receberam o Golden Glassberry – o primeiro prémio dos Glassberries Design Awards. A UBI esteve ainda em destaque com a atribuição de uma Menção Honrosa - primeiro lugar - do Júri de Clientes de Vodka ao aluno de mestrado em Design Multimédia, Daniel Bacelar.

Pedro Sousa, do Instituto Politécnico da Guarda conquistou o Silver Glassberry (segundo prémio) e Julia Procka, da Academy of Fine Arts de Varsóvia arrecadou o Bronze Glassberry – o terceiro prémio da competição.

Foram entregues no total nove menções honrosas, correspondentes às escolhas da BA Vidro, dos Clientes de Vodca convidados e dos jurados convidados especialistas em Design e Inovação. A Universidade Lusíada de Lisboa, o Instituto Politécnico da Guarda, a Universidade da Beira Interior e a Academy of Fine Arts de Varsóvia foram as distinguidas. Com este galardão, os alunos ganharam, entre outros prémios, um estágio remunerado na BA Vidro e um iPad air.

O júri que avaliou as propostas para a criação da melhor garrafa de vodca foi composto por Mark Tluszcz, co-fundador e CEO da Mangrove, por responsáveis da BA Vidro, por clientes convidados como Slawomir Mikos, Diretor de Compras e Desenvolvimento da CEDC e Leszek Wojtan, Presidente do Conselho de Administração da Polmos Bielsko-Biala, e por especialistas em design como Tiago Barquinha, CEO da Agência Mojobrands.

A concurso estiveram, este ano, 125 candidaturas de sete instituições de ensino superior de Portugal, Espanha e Polónia. Para esta edição dos Glassberries Design Awards a BA convidou, além da Universidade da Beira Interior, a Universidade Lusíada de Lisboa, o Instituto Politécnico da Guarda, a ESART - Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco, a Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha, a EINA - Centre Universitari de Disseny i Art (Espanha) e a Academia de Belas Artes de Varsóvia (Polónia).

Decal Labeling presente na FERSANT

Ler mais...A Decal Labeling, marca do Grupo Digidelta, vai marcar presença, até 15 de Junho, na FERSANT – Feira Empresarial da Região de Santarém, a decorrer no Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA, em Santarém), em paralelo com a Feira Nacional da Agricultura.
O objetivo é consolidar a estratégia de liderança na Península Ibérica no mercado de equipamentos de impressão digital e em consumíveis para o mercado gráfico digital. Com um stand próprio de 18m2 e a presença de uma equipa de gestores especializados, a Decal Labeling vai colocar em destaque três equipamentos de impressão digital, com demonstrações de impressão de etiquetas no local.

Em evidência vão estar os equipamentos PPL1 (impressora Trojan), PPL2 (impressora Kiaro) e PPL3 (impressora Epson), três soluções de etiquetagem para os mercados têxtil, indústria alimentar, decoração e mobiliário, calçado, logística, etiquetas energéticas, entre outros.
Fernando Alves, diretor da Decal Labeling, afirma que “As empresas têm hoje uma grande necessidade de identificar os seus produtos de forma rápida e económica, um desafio que é facilitado pela Decal Labeling através de soluções de impressão digital com grande flexibilidade e eficiência. As nossas soluções estão hoje ao serviço de empresas em Portugal e no exterior, contribuindo para uma melhoria operacional dos nossos clientes”.

A FERSANT tem como objetivo dar a conhecer e promover o que de melhor se faz na região do Ribatejo, primando por ser um espaço de partilha e concretização de negócio entre as empresas presentes e os visitantes do certame. O evento organizado pela NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém celebra este ano a sua 25ª edição, depois de no ano passado ter recebido mais de 160 mil visitantes provenientes de todo o país.

Coca-Cola cria tampas para uma segunda vida da embalagem

Ler mais...A Coca-Cola lançou a ’2nd lives’, uma linha de 16 tampas inovadoras que permitem dar uma segunda vida às suas embalagens de bebida. O objectivo é transformar as embalagens em objectos úteis, tais como pincéis, borrifadores, apontadores de lápis e até em dispositivos para fazer bolhas de sabão. No âmbito do programa de sustentabilidade, a marca de refrigerante produziu 40 mil garrafas e distribuiu-as na Tailândia e Indonésia.

 

 

Supermercado sem embalagens abre na Alemanha

Ler mais...O Original Unverpackt abriu na Alemanha e pretende ser o primeiro supermercado no qual não existem embalagens. Financiado por crowdfounding, o projecto visa abolir o desperdício causado pelas embalagens, especialmente as de plástico. 

No supermercado de Berlim, o cliente pode levar um recipiente para transportar as compras, usar uma embalagem de papel reciclável ou pedir emprestado um recipiente que terá de devolver em seguida. O projecto foi criado por Sara Wolf e Milena Glimbovski.

SPV requalifica “Bosque Encantado" com resíduos de embalagem

Ler mais...Mais de 16 toneladas de embalagens recicladas foram utilizadas no mobiliário urbano que irá requalificar o Bosque Encantado do Jardim Zoológico. A reabertura do novo espaço, coincidiu com a celebração dos 130 anos do ZOO.

Ao apoiar a renovação deste espaço, a Sociedade Ponto Verde pretende demonstrar aos cidadãos que diversos objectos úteis podem resultar da reciclagem de embalagens usadas, contribuindo para promover a utilização de materiais reciclados.

«O Jardim Zoológico desempenha um papel fundamental na proteção e na conservação da Natureza, razão que nos levou a apoiar este projeto. Ao mesmo tempo, a Sociedade Ponto Verde pretende demonstrar que a reciclagem permite dar origem a diversos objetos que usamos todos os dias, dando uma nova vida às embalagens usadas que colocaram no ecoponto.», sublinha Luís Veiga Martins, diretor geral da Sociedade Ponto Verde.


Para a criação do “Bosque Encantado” foram necessários:

  • 150.000 pacotes de batatas fritas, o mesmo peso médio de 3 tigres machos
  • 66.000 embalagens de champô, o peso de 2 girafas
  • 90.000 copos de iogurte, o peso de 4 elefantes recém-nascidos
  • 100.000 sacos de compras, o equivalente ao peso de 2 golfinhos
  • 230.000 garrafas de plástico, o peso que um leão-marinho come de peixe durante 2 invernos
  • 250 pneus reciclados, o peso de 880 araras

Esta nova área irá também disponibilizar informação sobre aves que fazem parte da apresentação, bem como sobre algumas que estão, em Portugal, em vias de extinção. Foi também renovada a sinalética existente e criada uma área de brincadeira para as crianças com “casinhas de aves”, todas feitas em plástico reciclado.

Também na comemoração do seu 130º aniversário o Zoo irá ser certificado pela Ponto Verde Serviços com o selo 3R. Pela primeira vez na sua história, o Zoo vai ter ecopontos para que o público possa separar as embalagens usadas em todo o recinto.

Embalagens de batatas McDonald’s mudam pela primeira vez

Arranca hoje a campanha da McDonald’s Portugal associada ao Mundial de Futebol FIFA 2014. O objectivo é “alimentar a paixão” pela competição e João Moutinho, jogador da selecção nacional, é o protagonista da campanha. Para o Mundial de Futebol de 2014, a McDonald’s muda, a nível mundial e pela primeira vez na sua história, o design das embalagens das suas batatas-fritas.

Ler mais...

“É a primeira vez na história da marca que alteramos o design das embalagens das nossas batatas a uma escala global, com o intuito de celebrar a paixão pelo ‘desporto rei’. Associadas à esta APP de realidade aumentada, pretendemos partilhar com os nossos consumidores a emoção de um dos eventos desportivos mais populares do mundo” diz Inês Lima, directora de marketing.

As doze embalagens, disponíveis nos 139 restaurantes nacionais a partir de 3 de Junho, permitem que os consumidores possam jogar um jogo de futebol através de uma APP de Realidade Aumentada (RA), intitulada “McDonald’s Gol”. A nova imagem das embalagens foi criada por doze artistas que se inspiraram na competição da FIFA World Cup Brasil.

“I’m lovin’ a redondinha” é o mote da campanha de televisão que procura levar todos os portugueses e fãs de futebol a viver a paixão pelo futebol durante a FIFA World CupTM Brasil, tendo, como protagonista, o jogador da seleção nacional, João Moutinho. O spot televisivo, que está no ar a três de junho, foi desenvolvido integralmente em Portugal e em exclusivo para o mercado português, e conta com a criatividade da TBWA\LISBOA e a produção da Filmbrokers e Ministério dos Filmes.

Para esta campanha, foi também desenvolvido o micro-site www.alimentaapaixao.com, que vai estar online durante toda a competição, disponibilizando experiências e ofertas exclusivas, como o programa Ultimate FIFA World Cup Football Fan que vai premiar, a nível mundial, os fãs mais apaixonados por futebol com uma viagem, de quatro dias, ao Brasil para assistir ao jogo da final, tirar uma foto com o troféu e ter ainda acesso VIP às festas exclusivas durante a competição.

No mês de junho vão estar disponíveis produtos associados a esta competição, como a sanduíche McRoyal® Fan, cujo pão é em formato bola de futebol, e a Share Box, com vários produtos de frango, para ser partilhada durante os jogos.

A campanha irá estar presente em diversos suportes, como televisão, imprensa, online, outdoor e rádio, para além dos materiais de comunicação que irão associar os 139 restaurantes nacionais ao Mundial de Futebol FIFA 2014, de acordo com o conceito da campanha. O plano de meios está a cargo da OMD e as ativações online da Fullsix Portugal.

BA recebe 125 candidaturas aos Glassberries

Ler mais...Os Glassberries, inspired by BA, receberam na edição de 2014, 125 candidaturas de jovens designers. A cerimónia pública de entrega dos prémios vai ter lugar no próximo dia 5 de Junho, pelas 16h00 na Biblioteca de Serralves.

A BA Vidro - empresa europeia do sector das embalagens de vidro, lançou o concurso não só em Portugal, mas também em Espanha e na Polónia. “Desenvolver uma garrafa de Vodca” é o desafio deste ano. Através dos Glassberries Design Awards 2014, a empresa vai premiar as propostas mais criativas contando para isso com a participação de um júri, onde se inclui Mark Tluszcz, co-fundador e CEO da Mangrove. O júri conta ainda com responsáveis da BA Vidro, como Sławomir Mikos, Diretor de Compras e Desenvolvimento da CEDC, por Leszek Wojtan, Presidente do Conselho de Administração da Polmos Bielsko-Biała, e por Tiago Barquinha, CEO da Agência Mojobrands.


Para esta edição dos Glassberries Design Awards, a BA convidou a Universidade Lusíada de Lisboa, a Universidade da Beira Interior, o Instituto Politécnico da Guarda, a ESART – Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco, a Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha, a EINA - Centre Universitari de Disseny i Art (Espanha) e a Academia de Belas Artes de Varsóvia (Polónia).

Os jovens estudantes de design destas instituições receberam o Briefing da equipa de Marketing e Inovação da BA, para perceber como se desenham e produzem as embalagens de vidro. Também receberam um acompanhamento técnico personalizado durante o processo de concepção da proposta.

Erro em embalagem gera revolta na Alemanha

Ler mais...Um erro no número de dosagem na embalagem de um detergente lançou a controvérsia na Alemanha. A Procter & Gamble foi alvo de críticas depois de trocar o número de dosagem numa embalagem de detergente de roupa da marca Ariel, dando visibilidade a um símbolo neonazi.

Nas embalagens em questão foi colocado o número 88 no desenho de uma camisola branca. O número que lá devia estar era o 18, que se refere ao número de lavagens possíveis com a embalagem em causa.

Na Alemanha há quem ainda use o número 888 como representação da saudação ‘Heil Hitler’, uma vez que a letra ‘H’' é a oitava do alfabeto . Por outro lado, o número 18 é usado como significado ‘AH’, abreviatura de Adolf Hitler.

A frase “nova concentração também causou tumulto por haver quem ache que evoca os campos de extermínio nazis, e que a palavra Ariel tem semelhanças com a palavra 'ariano'. A Procter & Gamble garante que as embalagens já foram retiradas do mercado.