Log in

Brother gama profissional A3

A Brother apresentou novidades no segmento A3 para pequenas e médias empresas. O MFC-J6920DW, com 22 ppm a preto e 20 ppm em cor, permite imprimir, copiar, digitalizar e enviar faxes de documentos com A4 e A3 em frente e verso. O Brother Wireless Assistant torna fácil a ligação a uma rede wireless. Os utilizadores não necessitam de um cabo USB ou de saber a sua password de ligação à internet para acederem. O TouchScreen Display de 3.7" com TouchPanel ilumina apenas os botões necessários à operação a realizar.

MFC-J6920DW-Front-SPA-Output

Na Brother trabalhamos para desenvolver produtos de qualidade, com variadas características disponíveis a um preço competitivo. Com a apresentação ao mercado do MFC-J6920DW podemos agora oferecer a mais recente combinação de redução de custos de impressão, ligação inovadora a equipamentos móveis, e uma total aptidão para documentos em A4 e A3 numa nova gama profissional de tinta A3. O MFC-J6920DW alia o design moderno com a velocidade de impressão em A3 mais rápida do mercado”, afirma João Fradinho, Country Manager da Brother Portugal.

O NFC permite a comunicação sem fio (wireless) entre dois dispositivos mediante uma simples aproximação entre eles, sem que o utilizador tenha que digitar senhas, clicar em botões ou realizar alguma ação do tipo para estabelecer a conexão. A máquina vai ter o valor comercial de 368€ e conta com três anos de garantia.

SAi EnRoute recebe actualização

sai enrouteA SA International (SAi), uma fornecedora de soluções para criação de sinalização profissional, impressão digital de grande formato e gravação CNC, lançou uma actualização do SAi EnRoute, agora para a versão 5.

Agora existe uma compatibilidade maior com vários programas de CAD. Os filtros de importação AutoCAD® DXF/DWG do SAi EnRoute 5.1 agora acomodam os arquivos AutoCAD actuais, enquanto os filtros de importação Adobe Illustrator e Acrobat foram actualizados para suportar os arquivos AI e PDF antigos e actuais, suportando agora a importação de layers. O novo SAi EnRoute 5.1 também pode aceitar arquivos Wavefront 3D OBJ, um formato de arquivo de geometria 3D universalmente aceite para troca de desenhos tridimensionais entre aplicativos gráficos 3D. Além disso, o SAi EnRoute 5.1 possui suporte para o registro digital do Caldera e corte de contornos, bem como melhorou a importação do Onyx XML.

“O SAi EnRoute 5.1 oferece um pacote de novas funcionalidades e actualizações para ajudar nossos clientes a expandir as suas capacidades e manter sua vantagem competitiva”, disse Eric Nodurft, director de Produtos da EnRoute. “O lançamento desta nova versão também demonstra o compromisso da SAi com o EnRoute e sua determinação para manter seu poderoso mecanismo de estratégia à frente no mercado de software CNC.”

Os utilizadores do SAi EnRoute 5 podem fazer o download gratuito do novo instalador SAi EnRoute 5.1 a partir de www.EnRouteSoftware.com. Após a instalação, o utilizador pode transferir facilmente as configurações anteriores, incluindo bibliotecas de ferramentas, modelos de materiais, configuração da máquina e outros usando o novo Assistente para Restaurar Configurações.

AOC lança monitores de 16:10


A AOC, empresa especializada em monitores, lança três novos monitores de 61 cm (24'') de formato 16:10. Os modelos da série 60 da linha Professional Line da AOC fornecem uma resolução WUXGA de 1920 x 1200 pixels adicionando, em altura, espaço à área de trabalho, comparado com o usual formato 16:9. Disponíveis num acabamento texturado e com uma variedade de equipamento adicional, estes monitores trazem hubs USB, ergonomia e software inteligente.

e2460Pxda pivot liquid design

Tanto o e2460Pxda como o e2460Sxda utilizam um painel TN retroiluminado por LEDs, uma luminosidade de 250 cd/m² e um contraste estático de 1000:1. Tanto os sinais de vídeo analógicos como os digitais podem ser recebidos via D-Sub e DVI-D. Além disso, o e2460Pxda permite ajustar a altura do painel em 130 mm e também inclinar e girar o monitor. Graças à função pivô, o ecrã até pode ser girado para a posição vertical. O i2460Pxda é baseado num painel eIPS, (In-Plane Switching), permitindo uma estabilidade das cores sob ângulos de visão maiores, de até 178º/178º. O modelo atinge uma luminosidade de até 300 cd/m2.

Para maior conveniência para o utilizador, a AOC equipa também a tela IPS da linha Pro Line com um hub USB integrado no bisel – teclados, pen drives, webcams, smartphones e outros dispositivos USB - podem ser ligados sem causar um emaranhado de cabos em cima ou atrás da secretária. Todos os modelos de 16:10 da série 60 são equipados com colunas de 2W para a reprodução de sons básicos. Para os mais exigentes, os sons podem ser reproduzidos por sistemas externos ligados através de uma porta de 3.5 mm.

Os vários modelos estão equipados com software inteligente. Programas como o e-Saver ou o Eco Mode ajudam a poupar energia. Graças à retroiluminação LED, eficiente no uso de energia, o consumo energético é de 22 W, o que é moderado. A AOC oferece 3 anos de garantia nos três novos modelos da série 60. Os preços de venda dos equipamentos variam entre os 269 e os 329 euros.

Mimaki vai lançar nova máquina plana

A Mimaki anunciou o lançamento de uma nova máquina industrial para a sinalética e o têxtil, a JFX200-2513. Trata-se de uma nova máquina plana que pode imprimir até 25 metros quadrados por hora em materiais até 2,500 x 1,300 mm e com até 50 mm de espessura. A JFX200-2513 vai ser apresentada pela primeira vez na Viscom Düsseldorf, que decorre no início de Novembro na Alemanha.

MIM JFX200
Mike Horsten, director de marketing para a região EMEA, diz: “A máquina foi concebida com base no feedback recebido por clientes e é uma máquina de entrada de gama que incorpora várias características avançadas pelas quais a Mimaki é conhecida na indústria”.
A máquina vai poder utilizar três tipos distintos de tinta para diferentes aplicações e materiais. A LH-100, uma tinta de cura UV com alta resistência ao atrito e aos químicos; a LUS-150, uma tinta de cura UV low-cost UV com elasticidade que se estende a 150% sem fissuração dos materiais a serem aplicados a superfícies curvas; e a PR-100, um primário que pode ser usado como um agente de tratamento prévio para melhorar a aderência da tinta em superfícies difíceis.

MB700: novos multifunções A4

MB770dnDesenvolvidos com base na tecnologia LED, os novos equipamentos da série Oki MB700 disponibilizam funções avançadas para controlo do fluxo de trabalho.Com uma plataforma aberta incorporada (smart Extendable Platform) a série garante compatibilidade na ligação a soluções de software externas e velocidades de impressão até 52ppm.
Com um ecrã LCD táctil de 23cm personalizável, os novos MFPs OKI apresentam uma capacidade máxima de papel para 3160 folhas, agrafador incorporado, processador de 1,2GHz e dico rígido de 160GB. Conta ainda com duplex de origem, Toner Save e consumo inferior a 2W no modo Deep Sleep. "Estes MFPs de classe empresarial são um complemento importante para o nosso portfólio de equipamentos, mas também um reforço significativo da nossa oferta de serviços de gestão de impressão, que visa fornecer produtos que atendam às necessidades específicas de cada cliente.", destaca Carla Andrade, Product Marketing Manager da OKI Systems Portugal.

Canon atualiza portfólio de impressão profissional

imagePRESS-C7011VPS 2A Canon actualizou o portfólio completo para impressão profissional. Entre as novidades, para a cor, estão a Canon imagePRESS C7011VP e C7011VPS, por exemplo, incorporam uma nova tecnologia RIP, no imagePRESS Server A7300 (potenciado pela CREO), imagePRESS Server A3300, A2300 e A1300 (da EFI ) e imagePRESS PRISMAsync Server .
As máquinas são compatíveis com um maior número de dispositivos de acabamento e possuem uma versão actualizada da ferramenta de gestão de cores, i1 Process Control. O firmware atualizado nesta nova versão da gama imagePRESS e um novo catálogo de suportes, que inclui novos suportes para embalagem e material sintético entre outros, vão também permitir conhecer novas possibilidade de aplicações.
No que respeita à impressão monocromática, a multinacional lança a série Canon VARIOPRINT 135, a série Canon imagePRESS 1135 + e a linha Océ VarioPrint 6000+ (compreendendo à Océ VarioPrint 6000 Ultra+, a Océ VarioPrint 6000 TP+ e a Océ VarioPrint 6000 MICR+) .
Anteriormente conhecida como Océ VarioPrint DP Line, a nova série Canon VARIOPRINT 135 (que compreende a Canon VARIOPRINT 110, VARIOPRINT 120 e VARIOPRINT 135) tem novas opções de acabamento e um novo controlador Océ PRISMAsync. O finalizador AK1 disponibiliza empilhamento e agrafamento, enquanto o Finalizador AK2 está pensado para clientes que executam tiragens curtas de folhetos agrafados até 100 páginas.
A série Canon imagePRESS 1135+ que inclui os modelos Canon imagePRESS 1110+ , imagePRESS 1125+ e imagePRESS 1135+, é a gama mais recente de máquinas de produção de médio volume da Canon. Com uma escolha de dois controladores Fiery, os imagePRESS Server K100 e K200, e opções de acabamento alargadas (Finalizadores AK1 e AK2 ), a série Canon imagePRESS 1135+ foi projectada para ambientes de produção.
A linha Océ VarioPrint 6000+ oferece agora melhores recursos de manuseamento do papel, graças a um módulo de entrada das folhas (PIM- A1). O módulo suporta folhas de tamanho até 350 milímetros x 500 milímetros, o que torna este equipamento mais atrativo para empresas de impressão de livros que queiram mudar do offset para o digital. A linha 6000 VarioPrint+ suporta até três módulos de entrada de papel, com um máximo de 24 mil folhas.
Além de atualizar seu portfólio de hardware de impressão profissional, a Canon também está a lançar a versão 6.1 do Océ PRISMAprepare, um software de preparação de documentos “tudo-em-um”, para oferecer aos clientes uma maior funcionalidade, facultando a mesma experiência de utilização. O Océ PRISMAprepare 6.1 possui agora uma função de impressão de dados variáveis (VDP), permitindo aos utilizadores adicionar dados variáveis, incluindo textos e imagens, em arquivos PDF. Outra novidade é a função "hot folder", que permite aos utilizadores gerir várias pastas ao mesmo tempo e também associar os modelos de fluxo de trabalho pré-desenhados, a verificação do estado dos trabalhos em tempo real que o operador de impressão quer usar, porque é baseado numa biblioteca do Adobe PDF, e é possível cortar e colar entre várias janelas PRISMAprepare .

HP lança tinta prata

hp silverA HP anunciou o lançamento de uma nova tinta prata para a HP Indigo WS6600 Digital Press. Até agora, a prata metálica, utilizada para a produção de mais de dois milhões de metros quadrados de rótulos, tem sido impressa usando os processos de impressão convencionais. A introdução da HP Indigo ElectroInk Prata permite a impressão de tinta prata em aplicações de impressão digital. A Geostick BV, uma empresa produtora de embalagens e etiquetas baseada na Holanda, tem tido sucesso com o teste inicial da nova tinta. "Estamos entusiasmados com os primeiros resultados da nova tinta HP Indigo prata. Os clientes aceitaram bem os resultados da impressão e não foram capazes de detectar diferenças erntre esta e a tinta prata convencionalmente impressa ", disse Cees Schouten , director técnico da empresa. " A nova tinta prata abre inúmeras novas oportunidades para nós” continua ele. A tinta deve estar em comercialização no início de 2014, sendo adequada para uma variedade de aplicações de etiquetas, incluindo para o mercado da pintura, automóveis, produtos químicos domésticos, cerveja e refrigerantes.

Epson lança SurePress com PrecisionCore

SurePress L-6034VW 4A Epson acabou de divulgar uma nova tecnologia de impressão, a PrecisionCore, e de divulgar a nova máquina para impressão de etiquetas SurePress L-6034VW, que utiliza a nova tinta UV de cura por LED com tecnologia de verniz digital em linha.
A nova impressora foi lançada na Labelexpo Europe em Bruxelas. Está disponível em dois modelos: CMYK com verniz digital e tinta branca de alta opacidade (SurePress L-6034VW) e sem tinta branca (SurePress L-6034V). A SurePress L-6034VW foi concebida para imprimir etiquetas para trabalhos de pequena a média tiragem em película padrão e substratos de etiquetas de papel com uma largura entre 80 e 340 mm. O processo de cura utiliza lâmpadas LED para um consumo de energia reduzido.  Também permite a impressão em substratos sensíveis ao calor, tal como o polietileno(PE), maximizando assim a gama de materiais que pode ser utilizada. Para saber mais sobre a nova máquina, não perca a próxima revista doPAPEL.