Login

Adobe entra no hardware para iPad

Ler mais...Uma das novidades da Adobe, revelada ao mesmo tempo que o lançamento da versão 2014 para a Creative Cloud, foi a entrada no comércio do hardware, com o lançamento de uma caneta digital, Adobe Ink, e uma régua digital, Adobe Slide.

A Adobe Ink é uma caneta em alumínio hidro-formado de três lados para o iPad com o IOS7. O dispositivo permite fazer um desenho controlado e expressivo e tem ligação à Creative Cloud. Construída com a tecnologia Adonit Pixelpoint, a caneta sensível de ponta fina, é leve e equilibrada para um aperto confortável. A Adobe Slide é uma régua digital para iPad com o IOS7. A Slide permite efetuar esboços com precisão – linhas retas, círculos perfeitos e formas equilibradas – no iPad.

“As novas apps móveis da Adobe, o hardware e a SDK criativa são perfeitas para profissionais criativos mas, igualmente importante, são desenhadas para qualquer pessoa com uma faísca criativa”, afirma Scott Belsky, vice president of product and Creative community na Adobe. “Hoje, estamos a introduzir ferramentas de desenho de ponta que estão ligadas à identidade Creative Cloud do designer, que fornecem o acesso aos temas de cores favoritas e podem, até mesmo, utilizar as funções copiar e colar entre dispositivos. Este é apenas um exemplo de como o nosso SDK irá dar um abanão na Indústria criativa.”

O hardware acompanha várias apps móveis:

Adobe Sketch, uma app de esboço social para iPad para desenhar livremente. Permite criar com ferramentas de desenho essenciais: um lápis de grafite, uma caneta de tinta, dois marcadores, (pontas de escova e cinzel) e uma borracha.

Adobe Line, uma app de desenho de precisão. A Line recria a arte de elaboração, combinando o desenho orgânico com linhas retas, curvas francesas e formas perfeitas que podem ser desenhadas em vista plana e de elevação ou em perspectiva. A app pode ser utilizada em conjunto com a Adobe Slide e re-imagina as ferramentas tradicionais de desenho, tais como réguas, régua T e modelos de formas, para o mundo móvel, bem como dar acesso a recursos aos criativos, temas de cor Kuler e a possibilidade de partilhar o trabalho.

Photoshop Mix, a app mais precisa para composição e máscara no iPad. A Photoshop Mix fornece também uma tecnologia de imagem baseada na cloud, incluindo o Upright, Content Aware Fill e Camera Shake Reduction. Possui uma funcionalidade não destrutiva para melhorar fotografias, selecções, a possibilidade de cortar e misturas imagens e a capacidade de abrir e salvar ficheiros PSD, permitindo um fluxo de trabalho contínuo com o Photoshop CC no desktop.

Lightroom, que fornece a forma para gerir e editar imagens através do desktop, dispositivos móveis e da web. Além disso, o recém-anunciado Adobe Voice, uma app de vídeo animado gratuita para o iPad, foi também atualizada para trabalhar com os catálogos Lightroom.

Creative Cloud para iPad e iPhone, uma nova app que permite os membros da Creative Cloud aceder e gerir os seus ficheiros, recursos e mais do seu dispositivo móvel.


Adobe Sketch, Line e Photoshop Mix são aplicações gratuitas e são disponíveis em inglês, francês, alemão e japonês na Apple® App Store. O Adobe Ink e Slide estão disponível via Adobe.com por 199.99 dólares. Por agora, o hardware está apenas disponível nos Estados Unidos, estando o lançamento agendado para outras regiões ainda este ano.

Nova imagePRESS revelada

Ler mais...A Canon Europa lançou a nova imagePRESS C800 Series para produção de folha cortada a cores. Os dois modelos inseridos na nova gama, o imagePRESS C700 de 70ipm e o imagePRESS C800 de 80ipm, incluem a tecnologia da imagePRESS C7011VP(S).

Posicionada entre a imageRUNNER ADVANCE C9000 Series e a imagePRESS C6011(S), dentro do portefólio de impressão digital a cores da Canon, a imagePRESS C800 Series está equipada com o toner Consistently Vivid (CV), para uma maior consistência e precisão de cor nos mais diversos materiais, incluindo superfícies de papel com revelo e pesadas para aplicações premium e personalizáveis.

A Compact Registration Technology (CRT) assegura que qualquer imagem individual é sempre colocada no mesmo local em todas as folhas e uma unidade de 32 feixes Vertical Cavity Surface Emitting Laser (VCSEL) com tecnologia de exposição múltipla oferece uma resolução de 2.400 x 2.400 dpi’s. O Auto Correct Colour Tone (ACCT), para uma calibração multidimensional de cores e a atualizada Auto Gradation Adjustment (AGA) uma ferramenta de calibração de cores são outras características da máquina.

Graças à unidade Advanced Twin Belt Fusing a imagePRESS C800 Series consegue funcionar na máxima velocidade mesmo com materiais de 220 gramas sem comprometer a qualidade de impressão. A imagePRESS C800 Series pode produzir trabalhos de impressão em duplex com materiais até 300 gramas no frente e verso.

Para aumentar a eficiência de transferência do toner, o Elastic Intermediate Transfer Belt, introduzido na imagePRESS C800 Series oferece capacidade de manuseamento de materiais, e permite ao mesmo produzir inúmeras aplicações em meios irregulares, como materiais rugosos ou reciclados.

Creative Cloud recebe actualização de 2014

A Creative Cloud vai receber a primeira grande actualização de 2014. São 14 novas versões das aplicações CC para desktop, incluindo ferramentas como o Adobe Photoshop CC, Adobe Illustrator CC, Adobe Dreamweaver CC e Adobe Premiere Pro CC. O maior lançamento de software Adobe desde a versão CS6 inclui também quatros novas apps móveis, a disponibilidade imediata de hardware criativo, actualizações dos serviços Creative Cloud e novas ofertas para clientes empresariais, de educação e fotografia. Ontem, a Adobe anunciou que atingiu 2,3 milhões de subscrições Creative Cloud, excedendo largamente as projecções iniciais quando foi lançada há dois anos.

Ler mais...

“A nossa mudança para a Creative Cloud forneceu-nos uma ampla tela em que inovar como nunca antes”, referiu David Wadhwani, senior vice president, Digital Media, Adobe. “Tomámos medidas ousadas com este lançamento, com novas funcionalidades para ferramentas líderes da indústria como o Photoshop e InDesign, ao mesmo tempo que introduzimos apps móveis que transformam os tablets em ferramentas criativas indispensáveis.”

Os destaques das principais funcionalidades das 14 novas aplicações para desktop incluem:
• Novas funcionalidades do Photoshop CC para fotógrafos tais como: Blur Gallery para criar sensação de movimento; Focus Mask, para destacar fotografias de retrato com pouca profundidade de campo; novas capacidades de Content-Aware; e a recentemente introduzida Perspective Warp para ajustar a perspectiva de uma parte específica de uma imagem de forma fluída, sem afectar a área circundante. Os designers que utilizarem o Photoshop CC vão desfrutar de um maior desempenho do Mercury Graphics Engine, bem como a capacidade de ligar Smart Objects e partilhá-los em vários documentos. Com as melhorias no Layer Comps, os utilizadores podem poupam tempo ao alterar a visibilidade, posição e aparência de uma camada, necessitando apenas de fazer uma sincronização para ver as mudanças aplicadas em todas as outras camadas. O Photoshop permite também apertar ou fazer zoom de imagens, criar traços mais suaves e proporcionar uma experiência mais ágil em dispositivos Windows 8 Touch, tais como o Microsoft Surface Pro 3.

• Também para designers, as novas funcionalidades do Illustrator CC incluem: Live Shapes para transformar, de forma rápida, rectângulos em formas complexas e, de seguida, voltar para o rectângulo original com apenas alguns cliques, assim como a renderização de gráficos vectoriais mais rápidos através da aceleração do GPU em ambiente Windows com uma placa gráfica NVIDIA certificada pela Adobe.

• No InDesign CC, artistas de layouts podem agora seleccionar linhas e colunas de tabelas e utilizar um layout EPUB fixo para criar facilmente livros digitais.

• O Adobe Muse CC inclui agora suporte para 64 bits, suporte de vídeo HiDPI para obtenção de imagens, objectos e texto mais nítidos e capacidade para pré-visualizar e optimizar as versões desktop, smartphone e tablet dos sites que criou, antes de estes estarem disponíveis.

• Novas funcionalidades nas aplicações vídeo, nas quais se incluem: modelos de Live Text e Masking e Tracking e novas integrações que tiram partido do Adobe After Affects CC dentro do Adobe Premiere CC. Alterne entre projectos no Premiere Pro CC de forma rápida graças à melhoria do desempenho gráfico; novos efeitos de codificação no After Effects; um pipeline de cor Direct Link mais flexível no Adobe SpeedGrade CC; e melhorias ao nível das ferramentas muti-track para trabalho de áudio no Adobe Audition CC. A integração entre as aplicações foi também melhorada para economizar tempo quando se trabalha entre o Premiere Pro e o After Effects ou SpeedGrade.

• As ferramentas web incluem agora a capacidade de olhar para a marcação de um documento utilizando o novo Element Quick View no Dreamweaver CC e permite aos programadores de web ver, navegar e modificar a estrutura HTML das páginas facilmente. As melhorias ao nível do CSS Designer ajudam a aplicar propriedades CSS, tais como gradientes, sombras nas caixas e bordas e, em seguida, desfazer sem esforço. A exportação SVG no Flash Pro CC permite aos programadores exportar qualquer fotograma de projectos Flash, como de um ficheiro SVG, enquanto o suporte vídeo HTML nativo no Edge Animate CC permite a importação directa de clipes de vídeo compatíveis com HTML5.


Três em cada quatro criativos acreditam que a Indústria mudou mais nos últimos cinco anos que nos últimos 50 e cerca de dois terços acredita que o seu papel vai mudar significativamente nos próximos três anos. Os criativos citam as novas tecnologias como a força motriz da rápida mudança que se assiste.

 

Apps móveis alargam fluxo de trabalho

Cumprindo no que se refere à inovação móvel, a Adobe lançou três novas apps móveis para o iPad – Adobe Sketch, Adobe Line e o Adobe Photoshop Mix – e começou a disponibilizar o novo hardware criativo – Adobe Ink, uma nova caneta digital, e Adobe Slide, uma nova régua digital. Estas novas apps são destinadas a profissionais mas são suficientemente intuitivas para que possam ser utilizadas por qualquer pessoa, tais como as recém-lançadas Lightroom mobile para fotógrafos e a Adobe Voice, a nova app de vídeo para storytelling da Adobe, que foram também actualizadas neste lançamento.


As novas aplicações CC para desktop, as apps móveis e o novo hardware estão integrados através de serviços da Creative Cloud. Esta integração ajuda a libertar o processo criativo, permitindo aos utilizadores aceder e gerir tudo o que compõe o seu perfil criativo – os seus ficheiros, fotos, tipos de letra, cores, comunidade e muito mais – de onde quer que estejam a trabalhar. Também apresentada hoje, a nova app Creative Cloud para iPhone e iPad permite aos utilizadores gerir e aceder aos seus ficheiros, ativos e muito mais, através do seu dispositivo móvel.

Novas ofertas Creative Cloud para empresas, Instituições de ensino e fotógrafos

O Adobe Creative Cloud para empresas é uma oferta desenhada especificamente para implementações de software de larga escala que se integram com outras da Adobe, tais como, Adobe Marketing Cloud, Acrobat, Adobe Anywhere e Adobe Digital Publishing Suite. As actualizações incluem mais serviços com colaboração e armazenamento de ficheiros, maior leque de opções de implementação e um novo dashboard para gerir utilizadores e direitos. Para a área da educação, a Adobe tem agora uma oferta de licenciamento para salas de aulas e laboratórios com base em dispositivos, permitindo que vários utilizadores acedam ao software num único dispositivo, em vez de ter um Adobe ID atribuído a apenas um indivíduo. E para os clientes de fotografia, a Adobe introduziu um novo plano de subscrição Creative Adobe Photography por 12,29€ por mês.
As actualizações das aplicações CC para desktop estão já disponíveis para os membros da Creative Cloud como parte da sua subscrição, sem custo adicional. As novas apps móveis estão disponíveis para todos. Para se juntar à Creative Cloud está disponível um preço especial para clientes actuais que possuam o Adobe Creative Suite 3 ou superior.

Bizhub PRO C1060L com mecanismo de separação de papel melhorado

Ler mais...A Konica Minolta está a apostar na nova bizhub PRO C1060L. Com uma velocidade de impressão de 3.316 páginas por hora, este equipamento permite trabalhos com grande volume de impressão ao mesmo tempo que reduz a necessidade de intervenção do utilizador.
Ao suportar vários tipos de meios, como papel espesso e papel revestido, a bizhub torna as tarefas mais fáceis e económicas. Além disso, o melhorado mecanismo de separação de papel permite uma melhor alimentação com papel fino.
Graças a características como a resolução de impressão de 1.200 x 1.200 x 8 bit, processamento de imagem S.E.A.D.IV, ajustamento melhorado da densidade da cor, mais texturas naturais produzidas pelo toner polimerizado de alta-definição e correção de centralização de alta precisão, a bizhub PRO C1060L garante a melhor qualidade de imagem, reforça a Konica Minolta.

Flint Group lança primeira app para impressão flexográfica

Ler mais...A divisão Flint Group Flexographic Products apresentou a sua nova FlexoToolbox App para dispositivos iPhone, iPad e Android, que agora está disponível comercialmente no mercado global.

Esta colecção de ferramentas interativas incorpora diversas funções para simplificar e padronizar a pré-impressão flexo, a produção de chapas e o controlo de processos. A aplicação pode ajudar com tarefas que vão desde o cálculo da distorção da placa, o controlo dos parâmetros de processamento, tais como equilíbrio de solvente ou intensidade UVA monitorização e a determinação do diâmetro de manga. A Flint Group criou uma ferramenta única para quem trabalha em funções de pré-impressão ou impressão, disponibilizando a aplicação através da Apple App Store e da Google Play Store.

PortraitPro chega à versão 12

Ler mais...Foi lançada a versão 12 do software PortraitPro 12, que possui ferramentas de re-iluminação do rosto para aperfeiçoamento mais natural. OPortraitPro 12 tem a capacidade melhorada de afinar rostos e 'remover o peso que a câmara acrescenta'. A versão 12 incorpora um aperfeiçoador de pele que retém a textura natural da pele ao remover manchas. O pincél de retoque também detecta automaticamente as bordas do rosto e feições, tornando-o muito fácil de usar. O cabelo pode ser espessado e alisado, com um aspecto de glamour, recolorido, e ter luzes adicionadas, tudo com o simples movimento de barras.
A versão 12 pode detectar a idade e sexo dos rostos nas fotografias, para que os aperfeiçoamentos mais apropriados possam ser automaticamente aplicados em rostos de homens, mulheres e crianças. A versão premium, PortraitPro Studio Max, agora inclui um modo de lote automático, de forma que todo um lote de fotos pode ser melhorado sem intervenção humana.

As diferentes edições do software

Todas as edições possuem suporte tanto para 32 bits como para 64 bits

PortraitPro 12
Esta é a versão independente do software e oferece todas as ferramentas de edição e iluminação do rosto, pele e cabelo de PortraitPro, mas não inclui suporte para arquivos RAW. Além disso, não inclui o recurso de plug-in da edição Studio, nem o "modo de lote automático" da edição Studio Max.

PortraitPro Studio 12
Esta é a versão intermediária do software, destinada a fotógrafos que desejam trabalhar diretamente com arquivos RAW e integrar o programa a Lightroom®, Aperture ou Photoshop®, para acelerar o fluxo de trabalho.

PortraitPro Studio Max 12
A versão premium. PortraitPro Studio Max oferece o máximo de automação, o mínimo de esforço e total controle criativo. Capaz de processar automaticamente centenas de fotografias, sem intervenção humana, Studio Max é para aqueles que necessitam das melhorias da mais alta qualidade aplicadas automaticamente em grandes lotes de fotografias, mantendo total controle criativo.

Gama Arizona 6100 chega ao mercado

Ler mais...A gama Océ Arizona 6100, de impressoras planas, foi pensada para profissionais de artes gráficas que produzem mais de 30.000 m² de suportes rígidos por ano. Composta pela Océ Arizona 6160 XTS de 6 cores e pela Océ Arizona 6170 XTS de 7 cores, as máquinas foram apresentadas pela primeira vez durante a Fespa Digital, em Munique.

Concebidas em sistema de flatbed, apresentam uma mesa de vácuo extra grande de 2,5m x 3,05m, para manter os objectos firmes durante a impressão, como suportes rígidos com formas irregulares, pesados, suaves ou pré-cortados, produção de alto valor, aplicações multicamada, impressões frente e verso em registo perfeito, grandes impressões em várias placas com geometria perfeita e impressão de borda a borda.

A mesa tem duas zonas de impressão independentes, cada uma com sistema de vácuo para impressões simultâneas e carregamento e descarregamento de suportes, para que esteja sempre uma impressão pronta a iniciar enquanto outra está a terminar, sem parar a produção. As duas zonas podem ser unidas de forma a permitir impressões de 2,5m x 3,05m.

Os pinos pneumáticos de registo garantem um carregamento do material rápido e fácil. Em conjunto com o sistema de vácuo de alto fluxo, que fixa até os materiais deformados, é possível carregar até os maiores painéis. Com esta facilidade, apenas uma pessoa consegue utilizar duas impressoras em simultâneo, produzindo cerca de 50 painéis por hora, em modo Produção.

Com cerca de 27.000 injectores piezoelétricos num carro de impressão de sete linhas, as Arizona 6100 atingem uma velocidade de até 155m2 por hora. O novo Automated Printhead Maintenance System fornece ainda a limpeza automática em menos de 25 segundos por cor, garantindo que os injectores estão prontos para impressão a qualquer momento.

Brother renova linha laser


Ler mais...A Brother adicionou três novos equipamentos multifunções à gama laser a cores. O DCP-L8400CDN atinge uma velocidade de impressão a cores e monocromático até 28ppm e o visor táctil a cores de 9,3 cm permite uma navegação simples e seleção de menu intuitiva. A função de poupança deste multifunção permite imprimir frente e verso, criar folhetos profissionais e imprimir várias páginas numa única folha, bem como impressões com uma resolução até 2400x600 ppp. A placa de rede cablada possibilita a partilha do equipamento de trabalho com os colegas.

O MFC-L8650CDW é semelhante ao DCP-L8400CDN mas possui fax. O alimentador automático frente e verso permite digitalizar e enviar faxes de ambas as faces de forma automática. Com este equipamento, para além da partilha através da placa de rede, os utilizadores podem fazê-la também através do WiFi.

O MFC-L8850CDW é um modelo superior ao anterior e que difere dele em duas características principais, na velocidade de impressão a cores e monocromático até 30ppm e no visor LCD táctil a cores de 12,3 cm.

Para apoiar o lançamento destes três equipamentos a Brother desenvolveu uma campanha que consiste na oferta de dois toners pretos TN326BK, com capacidade para 4000 páginas cada, na compra de um multifunção.

ASUS lança monitor com resolução 4K

Ler mais...O monitor PB287Q com suporte a resolução 4K/UHD (ultra-high-definition), baseado num ecrã de 28” de diagonal e destinado aos segmentos dos utilizadores profissionais, acaba de chegar a Portugal.
O novo ASUS PB287Q tem um ecrã de 28” com formato 16:9 e tecnologia de iluminação com LED branco (WLED), garantindo a reprodução de imagens 4K/UHD de 3840 por 2160 pixéis. Com uma densidade de 157 Pixéis Por Polegada (PPI), o ASUS PB287Q fornece quatro vezes a densidade de pixéis dos ecrãs Full HD convencionais, resultando em imagens incrivelmente detalhadas.
Com mais 300% de espaço de ecrã disponível que os monitores Full HD de diagonal semelhante, o ASUS PB287Q disponibiliza uma ampla área para várias janelas de trabalho em simultâneo, permitindo um modo de multitarefa. E a capacidade de reproduzir 1.07 mil milhões de cores possibilita níveis cromáticos e de saturação fantásticos, graças também aos 330cd/m² de brilho e um rácio de contraste “inteligente” ASUS Smart Contrast Ratio (ASCR) de 100,000,000:1.
Com uma reprodução de 10-bit de cor reais, o PB287Q apresenta um gradiente de cor muito suave para transições mais naturais entre tons. Paralelamente, consegue alcançar um tempo de resposta de 1ms de cinza-para-cinza (gray-to-gray, ou GTG) bem como uma frequência de actualização de 60Hz, para atingir as exigências gráficas rápidas e fluídas.

Conetividade alargada

O novo ASUS PB287Q disponibiliza amplas opções de conectividade, que incluem uma DisplayPort 1.2 para suporte de verdadeiros conteúdos 4K/UHD a taxas de refrescamento de 60Hz, a que se juntam duas portas HDMI – Tendo uma delas suporte para o protocolo Mobile High-Definition Link (MHL).
Os utilizadores podem ainda usar a ligação MHL para visualizar conteúdos no PB287Q a partir do seu dispositivo portátil, ao mesmo tempo que carregar a bateria do equipamento.
Estão também disponíveis as funcionalidades Picture-in-Picture (PiP) e Picture-by-Picture (PbP), com os utilizadores a poderem facilmente intercalar entre várias fontes de vídeo. No caso do PiP é possível mostrar uma janela adicional, no canto do ecrã, com conteúdos reproduzidos a partir de uma segunda fonte de sinal; enquanto o modo PbP divide o ecrã ao meio.

 

Tecnologias exclusivas ASUS para imagens fantásticas


O monitor ASUS PB287Q inclui a Tecnologia Inteligente de Vídeo SplendidPlus™, que otimiza as imagens e os vídeos através da melhoria automática do brilho, do contraste e do detalhe. Estão agora disponíveis dois novos modos de reprodução - Reading e Darkroom – que se juntam aos modos Scenery, Standard, Theater, sRGB, Game, e Night View já presentes nas anteriores versões desta tecnologia. O PB287Q contempla ainda a tecnologia ASUS EyeCare, baseada num processo de eliminação da cintilação através do ajuste da iluminação do ecrã, tornando a experiência de visualização mais confortável.
Adicionalmente, o ASUS QuickFit Virtual Scale permite fazer pré-visualizações em tamanho real de fotos e documentos antes de imprimir. E as grelhas quadriculadas de apoio no ecrã fornecem um alinhamento preciso dos objectos.
O novo monitor 4K/UHD ASUS PB287Q já está disponível em Portugal com um PVP recomendado de 699€.

OKI adiciona OCR aos MFPs

Ler mais...Os multifunções OKI passam a incorporar a funcionalidade de Reconhecimento Ótico de Caracteres (OCR) da ABBYY.

O OCR é uma ferramenta que permite às PMEs e grupos de trabalho agilizar o seu fluxo de trabalho de documentos e aumentar a eficiência de custos operacionais através da conversão para formato digital de documentos de texto ou imagem, em suporte de papel, com os quais lidam diariamente.

O Servidor de Reconhecimento da ABBYY permite o OCR e a conversão de documentos à escala empresarial, em formatos MS Office (Word, Excel, PowerPoint) ou em PDF e PDF/A, nos casos em que o objetivo seja estruturar, pesquisar e arquivar documentos. Esta funcionalidade permite o processamento automático de documentos que podem ser geridos e acedidos, na empresa, ou de forma remota, reconhecendo até 190 idiomas.

"Gerir o fluxo de documentos de forma eficaz não é um problema exclusivo das grandes organizações mas uma preocupação partilhada por todo o tipo de empresas. A estratégia Smart Document Managed Solutions (SMBs) da OKI reconhece o papel desempenhado pela impressão no que diz respeito à melhoria da eficiência operacional. A adoção de OCR e da capacidade de conversão de documentos através dos nossos MFPs vai permitir às PMEs a gestão do seu fluxo de documentos de uma forma mais eficiente", refere Javier López, Senior Manager, Managed Print Services, da OKI Europa.

"O papel é ainda uma fonte de informação importante em muitos negócios e os nossos clientes registaram uma redução de custos na ordem dos 30%, como resultado de uma gestão de documentos mais inteligente”, acrescenta Javier López. “A inclusão do ABBYY Recognition Server disponibiliza um simples mas poderoso sistema de arquivo de documentos, que permite às empresas converter os documentos em papel em documentos eletrónicos pesquisáveis e reutilizáveis. Esta funcionalidade eleva os nossos MFPs a um novo nível de desempenho, oferecendo aos clientes uma maior eficiência e produtividade, uma vez que estes procuram aumentar a sua competitividade”, conclui Javier López.

O OCR e a conversão de documentos são ideais para empresas com um grande volume de documentos, incluindo a digitalização de arquivos em papel. Com esta ferramenta, as PMEs poderão converter documentos provenientes de diferentes fontes, incluindo multifuncionais e scanners, criando documentos digitais indexados para os seus sistemas de gestão de documentos e de fluxo de trabalho.