Login

Canon eleita marca de confiança em câmaras

 

Ler mais...A Canon é considerada como a marca de câmaras fotográficas mais fiável da Europa no estudo "Marcas de Confiança 2012", da Selecções do Reader's Digest, que avalia os níveis de confiança dos consumidores nas marcas divididas em 40 categorias.

A Reader’s Digest pediu aos seus leitores de 15 países europeus que nomeassem a marca em que mais confiam em várias categorias, incluindo câmaras fotográficas. Os participantes avaliaram cada marca de acordo com os seguintes critérios: Qualidade, Relação custo/benefício, Imagem forte, Percepção das necessidades do cliente e Socialmente responsável.

Segundo Goreti Pedrosa da Canon, “Sermos eleitos a marca de confiança em câmaras fotográficas, pelos leitores de toda a Europa nos últimos doze anos, constitui grande motivo de satisfação. Na Canon, somos apaixonados pelo poder da imagem e esforçamo-nos no sentido de podermos proporcionar a todos os entusiastas da fotografia soluções inovadoras que estimulem a sua criatividade. É com orgulho que verificamos que tantos leitores da Reader’s Digest continuam a confiar em nós.”

A revista Selecções do Reader’s Digest promove desde 2000 as “Marcas de Confiança”, com o objetivo de avaliar os níveis de confiança dos consumidores de vários países europeus num vasto leque de categorias de produtos e serviços.

A Canon foi escolhida pelos consumidores dos seguintes países: Áustria, Bélgica, República Checa, Finlândia, França, Alemanha, Holanda, Portugal, Rússia, Eslovénia, Suécia e Suiça.

A comunicação no ponto de venda funciona

Ler mais...A última investigação levada a cabo pela in-Store Media em Portugal, com a TNS, sobre o valor das marcas, nas lojas do grupo Sonae, revela que os consumidores que recebem o impacto das campanhas no ponto de venda reconhecem mais facilmente as marcas, tendo-se registado uma média de crescimento do top-of-mind de 56%. O estudo demonstra ainda que os suportes publicitários modificam a intenção de compra em mais de 36% nos consumidores e que a recordação da publicidade das marcas alcançou um aumento de 84%.
Com este estudo a in-Store Media pretendeu medir a contribuição para a marca da publicidade no ponto de venda, que foi analisada tendo em conta as seguintes variantes: a recordação dos suportes e das marcas (TOM e espontaneidade), a recordação publicitária (TOM e espontaneidade), a recordação da campanha associada ao suporte, e a intenção de compra das marcas nas categorias enunciadas.
Segundo Nuno Saraiva de Ponte, Director-Geral da empresa, “a informação recolhida pelas agências de estudos de mercado, é um excelente complemento aos dados fornecidos pelas avaliações de vendas. Enquanto as avaliações de vendas, comprovam de forma inequívoca o impacto de cada suporte publicitário na rotação dos produtos comunicados, os estudos qualitativos aos suportes dão-nos informação complementar que nos permite adequar melhor a comunicação aos objectivos pretendidos, como o reforço da imagem de marca ou da notoriedade do produto”. “E cada suporte tem as suas mais-valias para cada situação de comunicação: seja aumentar a notoriedade de uma marca, implementar uma promoção, apoiar um lançamento ou reforçar as vendas em períodos sazonais”, acrescenta.
A in-Store Media controla os resultados da comunicação no ponto de venda com muita regularidade. Durante 12 anos, a empresa realizou mais de dez estudos ao nível da Saúde da Marca em países como a Argentina, México, Espanha, Portugal e Polónia, que se traduziram em mais de nove mil entrevistas nos acessos aos centros e na participação de mais de 40 marcas. Além disso, a in-Store Media, empresa líder de marketing no ponto de venda, possui mais de 260 medições de eficácia em vendas, realizadas nesses mesmos países acima referidos.
As investigações têm sido realizadas pelas principais agências de estudos de mercado sobre o consumidor, às quais a in-Store Media recorre, como TNS Global, Research International, IRI, Nielsen, IPSOS, entre outras. Paralelamente, a in-Store Media utiliza também dados das próprias cadeias. 
Os dados apresentados demonstram que os circuitos publicitários da in-Store Media permitem aos anunciantes gerar grande notoriedade e imagem de marca.

Nova impressora profissional de etiquetas no mercado

Ler mais...A Brother acaba de anunciar uma nova impressora profissional de etiquetas, ideal para casa e escritório, com função “Conectar e Etiquetar” - a QL-700. Permite imprimir etiquetas de forma rápida e fácil sem necessidade de instalação de software e/ou controladores. É compatível com Windows e Mac, possui uma velocidade de impressão de até 93 etiquetas/min com uma resolução 300x600ppp. Além disso suporta rolos DK até 62mm largura e imprime códigos de barra (1D e 2D).
A QL-700 inclui dois rolos iniciais (29 mm x 90 mm etiquetas de endereço standard (100 etiquetas) e 62 mm Fita de papel autocolante contínua (8 metros), cabo USB, cabo de alimentação, manual de utilizador, guia de configuração rápida e CD-ROM (P-touch Editor 5.0, Controladores, Manuais de utilizador). Envelopes, pacotes e encomendas podem agora ser endereçados de forma profissional utilizando um dos muitos tamanhos de etiquetas disponíveis, e podem eventualmente incluir um logotipo empresarial se necessário.

Escolas de Loures fazem Festa da Árvore Reciclada

Ler mais...No âmbito da exposição de reciclagem interactiva, patente no LoureShopping a partir de 17 de Março, a Tetra Pak promove, no dia 21 de Março, no piso 1 do centro comercial, a Festa da Árvore Reciclada convidando as escolas e as crianças do concelho a participar desafiando-as a produzirem, no local e com a ajuda de monitoras, réplicas de flores, frutos e animais a partir de embalagens usadas. Com esta iniciativa, a Tetra Pak pretende celebrar o Dia Mundial da Árvore e alertar para a importância da reciclagem das suas embalagens que, depois de usadas, devem ser sempre depositadas no ecoponto amarelo. Recorde-se que a reciclagem de uma tonelada de embalagens de cartão para alimentos líquidos evita o abate de cerca de 15 árvores adultas e a emissão de perto de 900 kg de gases com efeito de estufa.

A exposição de reciclagem interactiva da Tetra Pak permanece em exibição no LoureShopping até dia 25 de Março e é destinada ao público infantil e às famílias esclarecendo e informando, de forma lúdica, sobre a importância da reciclagem e da sustentabilidade ambiental. Com acesso gratuito, esta exposição alerta para a importância da separação selectiva das embalagens de cartão para alimentos líquidos (muito usadas pelas famílias para o consumo de leite e sumos) e da sua reciclagem, demonstrando de forma interactiva, como se processa a reciclagem de uma embalagem da Tetra Pak após a sua colocação no Ecoponto Amarelo.

A exposição é composta por 3 módulos - o Ecoponto Amarelo, a Fábrica da Reciclagem e o Atelier das Embalagens - organizados através de um trajecto que inclui jogos para as crianças e adultos, visionamento de filmes didáticos, ateliers de reciclagem e outras actividades lúdicas.
Uma equipa de monitores acompanha os visitantes ao longo de todo o percurso da exposição, propondo actividades e coordenando o atelier de reciclagem, onde os visitantes são convidados a dar nova vida às embalagens da Tetra Pak transformando embalagens de sumo Um Bongo em novos objectos úteis como porta-moedas, porta-chaves, ganchos, pregadeiras, etc., que podem depois levar para casa ou outros objectos com os quais podem decorar a árvore reciclada.

Adobe Lightroom 4 já disponível

Ler mais...O Adobe® Photoshop® Lightroom® 4 para Mac OS e Windows® já está disponível. Disponibilizado inicialmente em versão beta pública em Janeiro de 2012, a versão final do Lightroom 4 está já disponível por 134.07 euros na versão integral e 76.26 na versão de actualização. 
O Lightroom 4 introduz tecnologia refinada para um processamento superior de sombras e destaques , a capacidade de criar álbuns de fotografias, controlos de ajustes locais adicionais e um suporte melhorado de vídeo. “O feedback dos nossos clientes é imprescindível ao desenvolvimento do Lightroom,e a fórmula vencedora para um grande lançamento é combinar este feedback com a inovação sem rival da Adobe no processamento de imagem”, afirma Winston Hendrickson, vice-presidente de Digital Imaging Products da Adobe. “O Lightroom 4 é um novo e extraordinário lançamento que vai melhorar os fluxos de trabalho fotográficos e ajuda os fotógrafos a destacarem-se. “
Os novos controlos de ajustes maximizam o alcance dinâmico das câmaras, recuperando detalhes de sombras e destaques. O software introduz ajustes automáticos novos e melhorados para definir valores de exposição e contraste de forma dinâmica, e os controlos locais adicionais de ajuste incluem “Noise Reduction”, “Moire” e “White Balance”.
O Lightroom 4 dá aos fotógrafos as ferramentas para criar álbuns de fotografias, com controlos de texto e vários templates fáceis de utilizar, assim como uma hiperligação directa para a criação de álbuns de fotografias a partir do novo módulo “Book”. Um novo módulo “Map” intuitivo exibe imagens às quais já foi atribuída uma localização, atribuindo etiquetas, controlos de georreferenciação e localizações guardadas para a simples atribuição das localizações mais comuns de um fotógrafo.
Nesta nova versão, o suporte nativo de vídeo dá aos fotógrafos a capacidade de reproduzir, ajustar e retirar frames de clips vídeo filmados em DSKR, câmaras instantâneas e smartphones. Pré-configurações específicas para vídeo e vários controlos padrão de ajustamento de imagens do Lightroom podem ser aplicados a clips vídeo, e vídeos editados podem ser exportados como um ficheiro H.264 ou publicado directamente no Facebook ou no Flickr.
No módulo “Develop”, as pré-configurações utilizam em absoluto a nova tecnologia de processamento e a adição de soft proofing ajuda os fotógrafos a compor as imagens num espaço de cor destinado para assegurar que o conteúdo tem a melhor aspecto possível. Adicionalmente, os clientes podem enviar imagens por correio electrónico directamente a partir do Lightroom utilizando uma conta à sua escolha.

Público com mudança gráfica

Ler mais...Na altura em que comemora 22 anos, o jornal Público procedeu a uma mudança gráfica e editorial. A última remodelação gráfica foi feita há cinco anos e uma das mudanças mais notórias foi o desaparecimento da palavra "Público" da primeira página, surgindo em seu lugar apenas a letra "P". "O mundo mudou muitíssimo desde 2007 e, com essa transformação, mudou também a forma como hoje lemos notícias" diz Bárbara Reis, a directora do órgão de informação.

Kodak Gallery vendida

Ler mais...A Kodak vendeu o serviço de fotografia online, por 23,8 milhões de dólares, à Shutterfly. As contas do serviço vão ser transferidas para o serviço da Shutterfly, mas os 75 milhões de utilizadores da Kodak Gallery podem recusar a transição e desistir da conta que possuem.
A Kodak está em processo de restruturação e já conta com um empréstimo de 950 milhões de dólares a apoiar a implementação de uma nova estratégia. No plano de recuperação, que deve ser implementado até 2013, estão previstas medidas que pretendem tornar a empresa mais focada nas áreas capazes de gerar receita e lucro. A empresa deverá abandonar o segmento das máquinas fotográficas e câmaras digitais e vender mais de mil patentes na área da imagem digital. Na era pós-reestruturação, a empresa vai dedicar-se ao licenciamento de tecnologia e impressão.

Apigraf em projecto europeu de mudança nas empresas

Ler mais...A Apigraf está a promover a realização de workshops nacionais subordinados ao tema da mudança nas empresas, centrado na vertente da reestruturação ligada à responsabilidade social. Os workshops serão realizados durante o corrente ano nos sete países envolvidos nesta iniciativa. Na ocasião os participantes poderão identificar problemas e oportunidades e debater novas estratégias e soluções viáveis num quadro económico-laboral que constitui um desafio para o futuro.

Esta iniciativa enquadra-se no projecto europeu denominado Socially Responsible Restructuring and Reorientation of Printing Companies, desenvolvido em parceria pelas organizações internacionais do sector, a Intergraf e a UNI Europa Graphical, que conta com o financiamento da Comissão Europeia.
A nível internacional estes workshops serão enquadrados por um grupo de acompanhamento que terminará numa conferência de encerramento em Bruxelas. Este trabalho envolve não só a Intergraf e a UNI Europa Graphical, como também a Facta Consult, empresa responsável pelo estudo. Na primeira reunião deste grupo de trabalho, realizada a 23 de Janeiro, o consultor John Kirkham desenvolveu já as principais linhas de desenvolvimento da actividade de disseminação e debate do estudo, que se pretende proactivo, prático e participativo. Este mesmo responsável enquadrará também os consultores responsáveis pelos workshops nacionais, desenvolvidos de de acordo com a matriz do projecto Europeu mas adaptados à realidade de cada um dos países em que se realizam.


O projecto europeu contou com o envolvimento de um conjunto de empregadores, trabalhadores e representantes patronais e sindicais, resultando na produção de dois documentos: um estudo e um conjunto de ferramentas práticas. O volume “The Future of the European Print Industry – In our Own Hands” e o “toolkit” visam disseminar a análise efectuada no âmbito deste projecto, ilustrando-a com casos práticos e com um conjunto de “ferramentas” de aplicação das conclusões identificadas. Presentemente em tradução para a línguas Portuguesa e Húngara, estes documentos estão disponíveis na internet em inglês, francês, italiano, holandês e alemão. Reestruturar, desenvolver novas abordagens do mercado ou explorar novas tecnologias são algumas das vertentes que o estudo refere como opções possíveis, visando o equilíbrio entre as duas linhas de força deste projecto: a responsabilidade social e a mudança.

Os parceiros neste projecto são:
 Por parte dos empregadores: Intergraf, Apigraf (Portugal), UNIC (França), BVDM (Alemanha), KVGO (Holanda), BPIF (Reino Unido), FEDPRINT (Hungria) e MPIA (Malta). 
 Pela parte sindical: UNI Europa Graphical, Filpac CGT (França), FNV/KIEM (Holanda), UNITE (Reino Unido), General Workers’ Union (Malta) e Hungarian Graphical Workers’ Union.
Para mais informações, contacte José Eduardo Carragosela, secretário-geral da apigraf, através do telefone 21 849 10 20 ou do e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Epson nas portas de embarque

Ler mais...A Epson anunciou uma nova entrada na sua gama de impressoras matriciais, a FX-890A, desenvolvida especificamente para ir ao encontro das necessidades dos operadores de aeroportos e companhias aéreas. 
A pensar nas necessidades dos aeroportos, apresenta uma estrutura forte, com cobertura e alimentador de folhas resistentes a embates, além de uma robusta barra de arranque em acrílico reforçado, que é independente da cobertura para permitir maior durabilidade e facilitar a sua substituição. 
Uma das mais rápidas impressoras da sua categoria, a FX-890A imprime até 680 cps a 12 cpp em modo de rascunho de velocidade ultra-rápida. Também consegue lidar com formulários de até sete partes, permitindo o fornecimento de listas de passageiros e outros documentos importantes de forma rápida. 
A FX-890A implica uma manutenção mínima, com um tempo médio entre falhas de 20.000 horas. O rendimento da fita é de 7,5 milhões de caracteres sendo necessárias menos substituições. 
“A Epson concebe os produtos a pensar nas necessidades do utilizador final,” diz Heidi Wagner, gestora de produto na Epson Europe. “Além dos componentes robustos, desenvolvidos para o ambiente exigente dos aeroportos, demos à FX-890A uma cobertura frontal trancada de origem. Isso ajuda a melhorar a segurança nos aeroportos, impedindo que o público esconda itens no seu interior, eliminando a necessidade de efectuar verificações de segurança e evitando danos desnecessários.”

Desfile de Carnaval com máscaras recicladas

Ler mais...No âmbito da exposição de reciclagem interactiva, patente no GaiaShopping até 26 de Fevereiro, a Tetra Pak promoveu, na praça central do centro comercial, o Desfile de Carnaval Reciclado convidando um grupo de crianças da Aldeia SOS de Gulpilhares, em Vila Nova de Gaia, que, após uma visita à exposição, criaram as suas próprias máscaras de Carnaval a partir de material de embalagens da Tetra Pak. Seguiu-se o momento do Desfile de Carnaval Reciclado, em que as crianças apresentaram ao público presente os seus trabalhos.

Com acesso gratuito, esta exposição alerta para a importância da separação selectiva das embalagens de cartão para alimentos líquidos (muito usadas pelas famílias para o consumo de leite e sumos) e da sua reciclagem, demonstrando de forma interactiva, como se processa a reciclagem de uma embalagem da Tetra Pak após a sua colocação no Ecoponto Amarelo.

A exposição é composta por três módulos - o Ecoponto Amarelo, a Fábrica da Reciclagem e o Atelier das Embalagens - organizados através de um trajecto que inclui jogos para as crianças e adultos, visionamento de filmes didácticos, ateliers de reciclagem e outras actividades lúdicas.

Uma equipa de monitores acompanha os visitantes ao longo de todo o percurso da exposição, propondo actividades e coordenando o atelier de reciclagem, onde os visitantes são convidados a dar nova vida às embalagens da Tetra Pak transformando-as em novos objectos úteis como porta-moedas, porta-chaves, ganchos, pregadeiras, etc., que podem depois levar para casa.

A exposição de reciclagem interactiva faz parte do plano de acções de informação ambiental da Tetra Pak direccionadas para o público juvenil, uma área de actuação permanente e prioritária para a empresa.