Log in

Xerox Portugal amplia a cobertura de distribuição

xerox2Com o objectivo de alargar a sua capacidade de distribuição a nível nacional, a Xerox acaba de incluir a ADIMPO, na sua rede de parceiros de canal. Através deste acordo, efectivo também em Espanha, a ADIMPO irá distribuir equipamento de nível de entrada (desktop) e consumíveis Xerox em todo o território nacional. 
Antes de alcançar este acordo, a ADIMPO era distribuidor oficial da gama de consumíveis da Xerox em Espanha e, agora com este acordo tornou-se distribuidor desta gama para Portugal e Espanha, o que permite acrescentar valor aos seus clientes com a possibilidade de “cross selling”. 
“O facto de nos associarmos a uma empresa de referência no mercado grossista, vai-nos permitir ajudar os nossos clientes a crescer através da nossa oferta líder que é resultado de uma combinação perfeita do nosso hardware, software e serviços. Paralelamente, o facto de alargarmos a nossa rede nacional de parceiros de canal foi um dos principais objectivos da Xerox de há muitos anos, pelo que é fundamental contar com empresas de referência nesta área, como é o caso da ADIMPO”, afirmou José Esfola, Xerox Portugal Channel Director.
“Para nós é fundamental contar com o apoio e confiança de um dos líderes de mercado da impressão, uma vez que nos ajuda a aumentar a nossa oferta de serviços e a manter a nossa carteira de clientes satisfeita.
Com a vasta oferta da Xerox ao nível de soluções de impressão, estamos também a ajudar os nossos clientes a renovar os seus parques de impressão com soluções que permitem desenvolver novas oportunidades de negócio”, afirmam os responsáveis da ADIMPO.

 

Novos modelos Toshiba com impressão a Preto & Branco

liscic toshibaLISCIC acaba de anunciar o lançamento da série e-STUDIO506se e da série de alto volume de impressão e-STUDIO856se da Toshiba. Com um total de nove novos modelos, estes modelos monocromáticos de médio e elevado volume de impressão oferecem um novo padrão de segurança.


Tanto os modelos e-STUDIO256se/306se/356se/456se/506se como os e-STUDIO556se/656se /756se/856se estão equipados com Secure HDD da Toshiba, uma unidade de disco rígido com encriptação automática que assegura que os dados armazenados estão protegidos contra o acesso não autorizado. Uma vez que o MFP tem que estar autenticado para permitir o acesso aos dados armazenados no disco, estes não podem ser lidos em qualquer outro dispositivo. Se tal acontecesse, resultaria na eliminação da chave da encriptação, armazenada no HDD. O reforço da segurança dos dados possibilita ainda um desempenho a 100%, uma vez que a encriptação é feita praticamente em tempo real no próprio HDD.

“Proteger informação confidencial e crítica para o negócio é cada vez mais importante e orgulhamo-nos de, em apenas alguns meses, termos sido capazes de equipar a maior parte dos nossos produtos com o Toshiba Secure HDD.”, afirma Stefan Lottmann, Gestor Europeu de Planeamento de Produto, Toshiba TEC.

Os novos modelos a preto & branco estão aptos para funcionar em rede, com uma velocidade até 85 ppm e digitalização em alta resolução a cores. Os novos modelos já estão disponíveis para venda em Portugal.

Omdesign assina campanha AVELEDA

omdesign aveledaA Aveleda selecionou a agência Omdesign para desenvolver a campanha multimeios e spot televisivo da nova marca AVELEDA. O spot televisivo, disponível em duas versões que ilustram diferentes momentos de partilha e de consumo, reforça o posicionamento e brand essence da marca AVELEDA, que conta com cinco vinhos brancos, produzidos nas regiões do Minho (Aveleda Vinho Verde, Quinta da Aveleda e Aveleda Alvarinho), Douro (Aveleda Douro) e Bairrada (Aveleda Reserva da Família). “Aveleda. Brancos com Saber.” é a assinatura da marca AVELEDA, que resume a sua essência. A Aveleda, principal produtor e exportador de vinhos brancos em Portugal, pretende com esta campanha ficar ainda mais próxima de todos os seus consumidores e consolidar a imagem da empresa, enquanto produtor de referência na criação de vinhos brancos únicos, há mais de 140 anos.

 

Designers desafiados a criar aplicações de cortiça

cork chochegomezO Vitra Design Museum lançou recentemente, em parceria com a Corticeira Amorim, um concurso que desafia os designers de todo o mundo a conceberem novas aplicações de cortiça ou a melhorarem o actual portfolio de produtos da indústria. 
As 20 melhores propostas serão seleccionadas até 15 de Julho de 2012 com base na relevância clara e aplicação na melhoria das linhas de produtos existentes e / ou a criação de novas aplicações ou linhas de produtos. Os vencedores serão convidados a participar num workshop especializado em Domaine Boisbuchet, no qual se desenvolverão os protótipos das 20 ideias seleccionadas. No final do workshop, será atribuído um prémio de 10.000 € ao melhor projecto. 
Nas palavras de Alexander von Vegesack, Presidente do Domaine de Boisbuchet e do Vitra Design Museum, “Domaine de Boisbuchet é um lugar idílico, que atrai criativos de todo o mundo. Inspirados pela natureza, experimentam trabalhar com a madeira, o barro, tecidos, e outros materiais e, acima de tudo, com a sua fantasia. A cortiça é o enriquecimento ideal desta paleta e é um material pelo qual sempre tive grande respeito e simpatia. Nunca desperdiço uma rolha de cortiça! As minhas mãos e os meus pés apreciam a suavidade e o conforto deste material natural. Este meu afecto intuitivo é também suportado por convicções: as suas incomparáveis qualidades ecológicas fazem da cortiça uma das matérias-primas mais pertinentes para promover o futuro do nosso meio ambiente”.
Seduzido pela versatilidade da cortiça, o Vitra Design Museum pretende potenciar no privilegiado espaço do Domaine de BoisBuchet o desenvolvimento de novas aplicações de cortiça, considerando o potencial inesgotável deste material sustentável e tirando partido das suas características verdadeiramente excepcionais, tais como: isolamento triplo - térmico, acústico e vibrático, -, resistência a altas temperaturas, permeabilidade aos líquidos, flexibilidade, compressibilidade e leveza.
Os interessados podem concorrer até 30 de Junho. A informação do concurso está inteiramente disponível no website http://www.boisbuchet.org/index.php?option=com_content&;view=article&id=218&Itemid=58&lang=en e os documentos das candidaturas devem der submetidos através do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

 

Canon completa gama imageRUNNER ADVANCE

canon imagerunner_advance4000A Canon Europa anunciou o lançamento da série imageRUNNER ADVANCE 4000 constituída por quatro novos Multifuncionais A3 que vêm completar o seu portfólio imageRUNNER ADVANCE. 
A reconhecida imageRUNNER ADVANCE da próxima geração, está disponível em 32 modelos desde o seu anúncio em 2009. Vários destes equipamentos têm sido distinguidos pela indústria, incluindo prémios BERTL e prémios Winter Picks da BLI em 2011. 
Os novos equipamentos da gama de multifunções inteligentes da Canon imageRUNNER ADVANCE 4025i, 4035i, 4045i e 4051i, proporcionam uma escolha mais alargada de velocidade de impressão em A3, desde 25, 35 e 45 ppm, e incluem uma impressora de alta velocidade a 51ppm. 
A nova série imageRUNNER ADVANCE 4000 oferece integração fácil com os ambientes das empresas e com as principais soluções de software, como uniFLOW, Therefore e e-Copy. Estas características tornam os novos multifuncionais ideais para grupos de trabalho muito produtivos e para departamentos mais pequenos em empresas de todas dimensões que requerem impressão A3 a preto e branco.
Para apoiar a produtividade no trabalho, a nova série imageRUNNER ADVANCE 4000 permite uma fácil operação através de um ecrã táctil a cores SVGA de 21,3cm. O processamento de trabalhos volumosos é rápido e eficiente graças à digitalização duplex, ao manuseamento flexível do papel e a uma capacidade máxima de 4980 folhas.
Os novos multifuncionais integram-se com uniFLOW para oferecer a capacidade de atribuição de custos, estabelecer restrições, redirecionar trabalhos de impressão e monitorizar e criar relatórios detalhados para uma gestão cuidadosa dos custos de impressão.

As empresas conseguem ainda um controlo adicional do modo como a informação sensível é utilizada e impressa através do uniFLOW Data Loss Prevention (DLP). Além disso as opções de autenticação, impressão segura, filtragem de caixas de correio e de endereços, bem como a encriptação e outras opções de reforço de segurança, garantem que as organizações conseguem cumprir requisitos importantes, o que é fundamental para empresas nas áreas financeira, seguradora ou legal. 
Os novos multifuncionais foram concebidos a pensar na redução do seu impacto ambiental. Construídos com partes em materiais reciclados e bioplásticos, os equipamentos consomem apenas 1 watt em modo de descanso, possuem baixos índices TEC (Typical Electricity Consumption) e certificação ENERGY STAR®.

 

Leão de ouro para design de embalagem IKEA

ikea skarpsillO design da embalagem IKEA SKARPSILL acaba de ganhar um Leão de Ouro no Festival International de Criatividade em Cannes, na categoria ‘Design de Embalagem – Etiqueta e Marcas Próprias’. O festival é um dos mais prestigiados eventos internacionais nas indústrias de publicidade e de criatividade.
A embalagem IKEA SKARPSILL foi concebida pela Stockholm Design Lab. “É esse ‘brilho nos olhos’ que leva o design de uma embalagem inovadora e surpreendente a ser escolhida entre 2200 inscrições”, refere a directora de arte do Stockholm Design Lab, Nina Granath. A IKEA recebeu o primeiro Leão em Cannes em 1991 e desde então já recebeu mais de 50 Leões em diversas categorias.
A IKEA SKARPSILL é constituída por arenques e anchovas levemente picantes e salgados, e desempenha um papel importante dentro da variedade de pratos suecos, estando geralmente associada às tradições suecas e celebrações, como a Páscoa e o Natal. A IKEA SKARPSILL faz parte da gama alimentar da IKEA, foi lançada em Abril de 2011 e está disponível nas Lojas Suecas da IKEA. Em 2006, a IKEA lançou uma nova gama de produtos alimentares de marca própria nas suas lojas suecas. Hoje, o número total é composto por aproximadamente 150 artigos como bolachas, sumos, aperitivos e refeições pré-cozinhadas. 
“A gama de alimentos IKEA é o resultado da nossa paixão pelos alimentos de boa qualidade, acessíveis, e nos quais os clientes confiam. A nossa gama de alimentos de marca própria permite à IKEA melhorar a oferta de produtos originais, com base em receitas suecas e com elevados padrões de qualidade, ingredientes e sustentabilidade”, explica o director administrativo da IKEA Food Services AB, Edward Mohr.

 

Realizadores da rede Mofilm de todo o mundo aceitaram o desafio lançado pela CELPA – Associação da Indústria Papeleira Portuguesa-, para participarem no Concurso MOFILM, um projecto criativo associado ao Cannes Lions Internacional Advertising Festival. Ci

paper from_portugalRealizadores da rede Mofilm de todo o mundo aceitaram o desafio lançado pela CELPA – Associação da Indústria Papeleira Portuguesa-, para participarem no Concurso MOFILM, um projecto criativo associado ao Cannes Lions Internacional Advertising Festival. Cinco finalistas foram escolhidos pela CELPA no âmbito da campanha europeia “Paper From Portugal - More Forests, Better Future”, assinada pela Shift Thinkers e Step Value. 
O grande vencedor foi um português Frederico Arouca com o filme “Seed” seguido pelos seguintes realizadores: 
2º Jeff Jenkins- United States: Filme “Plant Invasion” 
3º Karen Erbach- United States: Filme “Bill” 
4º Tamara Rosenfeld- United Kingdom: Filme “Paper Classroom” 
5º Gaurav Madan- India: Filme “What colour do you want?” 
Estão escolhidos os cinco que tornaram os produtos papeleiros portugueses protagonistas nos ecrãs de Cannes e, em breve, de todo o planeta, via You Tube, sites e blogues. É um movimento imparável que começa agora, depois da Campanha Europeia da CELPA, “Paper from Portugal – More Forests, Better Future” ter participado no concurso MOFILM, que convocou cineastas e os desafiou a criarem filmes emocionais e com potencial de partilha sob a ideia base: “Ao usar papel de Portugal, está a contribuir para um futuro melhor”. Um desafio à criatividade onde o objectivo era contar a verdadeira história dos produtos papeleiros portugueses e a forma como estes contribuem para a sustentabilidade das florestas nacionais.
Eleitos entre mais de trinta candidatos, os vencedores verão os seus filmes correr mundo e ainda ganham uma segunda vida através do canal web: no site da Campanha “Paper from Portugal – More Forests, Better Future”, os cinco finalistas poderão ser apreciados pelo público, que terá uma palavra a dizer, com a eleição daquele que mais lhe tocou. Assim, até ao final da campanha, em 2013, os criativos que concorreram ao MOFILM continuam em cartaz. E o papel português também!
O Concurso MOFILM realizou-se entre 5 e 28 de Maio e o vencedor verá o seu nome anunciado a 19 de Junho, em Cannes, durante o Festival Internacional de Publicidade.

Portucel Soporcel participa na Conferência RIO+20

rio20O grupo Portucel Soporcel vai participar na Conferência RIO+20, que decorre entre 13 e 22 de Junho no Rio de Janeiro. Com o objectivo principal de assegurar um comprometimento político renovado para o desenvolvimento sustentável, a Conferência reunirá Chefes de Estado e de Governo para debater a Economia Verde no contexto do Desenvolvimento Sustentável e da Erradicação da Pobreza.
Atendendo à importância estratégica da gestão dos recursos florestais para o desenvolvimento económico, ambiental e social de Portugal, no dia 21 de Junho, Paula Guimarães, Responsável de Certificação Florestal do grupo Portucel Soporcel, irá realizar, no Pavilhão de Portugal, uma apresentação subordinada ao tema “Gestão e Certificação Florestal na Indústria Portuguesa do Papel”. 
Naquele que é o mais importante evento, a nível mundial, no debate dos desafios com que o planeta se defronta em matéria de Desenvolvimento Sustentável, o Grupo procurará chamar a atenção para o papel decisivo que as plantações florestais podem desempenhar na redução da pressão da extracção de matéria-prima a partir de florestas naturais, proporcionando oportunidades em contextos em que estas são praticamente inexistentes e oferecendo uma solução para as necessidades da indústrias de base florestal. Com efeito, a empresa defende que, através de uma gestão adequada, as plantações florestais são geradoras de riqueza, equilíbrio ambiental e bem-estar social. 
O grupo Portucel Soporcel vai realçar, no Rio de Janeiro, que a gestão florestal responsável praticada pelas empresas portuguesas da fileira da pasta e do papel (representando o Grupo perto de 70% dessa fileira), cuja área certificada representa 70% da área certificada total do País, é uma evidência de que plantações florestais bem geridas podem contribuir positivamente para a integridade dos ecossistemas à escala da paisagem, a conservação da biodiversidade e a promoção de um contexto social e económico favorável. 
Esta fileira representa mais de 5% das exportações de bens do País, liderando a contribuição global do sector florestal para a balança comercial. A nível global, é de salientar que mais de 50% das exportações europeias de papel de escritório e impressão offset provêm da indústria portuguesa, ou seja, do grupo Portucel Soporcel.
Ocupando 38% do território, e fortemente direccionada para os mercados externos, a floresta portuguesa possui um elevado Valor Acrescentado Nacional (VAN) – 71,4% (valor superior à média nacional de 59,3%), contribuindo muito significativamente para o peso das exportações no PIB do País. 
Na fileira da pasta e do papel, Portugal é, através do grupo Portucel Soporcel, líder europeu na produção de papel fino de impressão e escrita não revestido e de pasta branqueada de eucalipto. A empresa representa 0,7% do PIB nacional e 3% das exportações de bens gerando um elevadíssimo e ímpar VAN, pelo facto de os seus produtos serem obtidos, na quase totalidade, a partir de matérias-primas e recursos nacionais.
Enquanto grupo florestal verticalmente integrado, cuja actividade se inicia com a Investigação aplicada à gestão responsável de um recurso natural e renovável - a floresta nacional -, passando pela produção de celulose, energia e papel, o compromisso com a sustentabilidade faz parte integrante do seu modelo de negócio. 
Na qualidade de maior gestor florestal privado do País, o Grupo promove a valorização e protecção da floresta, acrescentando valor aos 120 000 hectares que gere em Portugal. Tendo sido a primeira entidade no País a usufruir da gestão florestal certificada simultaneamente pelos sistemas FSC® (Forest Stewardship Council®) e PEFC (Programme for the Endorsement of Forest Certification), a Empresa aplica as melhores práticas de silvicultura, executa um plano de defesa e protecção da floresta contra incêndios e promove a gestão da biodiversidade.

Markzware lança Q2ID para CS6

QXP2IDA Markzware lançou uma nova versão para o plugin Q2ID que permite a conversão de ficheiros QuarkXPress para o InDesign CS6. O Q2ID elimina a necessidade de recriar o conteúdo de um arquivo de QuarkXPress no Adobe InDesign e a versão mais recente foi perfeitamente integrada com a versão do Adobe InDesign CS6.
"Queremos ir directo ao assunto e permitir que nossos clientes continuem a ter a conversão de arquivos de forma rápida e eficiente, de Quark para Adobe InDesign", disse Mary Gay Marchese, relações públicas para Markzware.
Bob Hoot, da Hoot Communications disse: "Conheço a Markzware há anos e anos e tive o FlightCheck e o PM2Q há alguns anos atrás e mantive-me a par dos novos produtos. Eu gosto de usar o seu produto de conversão, Q2ID, para materiais como anúncios. O Q2ID é indispensável para o designer fazer a mudança de Quark para InDesign. Não tenho conhecimento de qualquer outra coisa disponível que funcione tão bem. Tenho convertido publicações inteiras de 56 páginas ou mais com apenas problemas menores. O Q2ID tem sido um salva-vidas. "

Omdesign renova identidade do Banco Luso Brasileiro

banco lusobrasileiroA agência de publicidade Omdesign foi escolhida para renovar a identidade do Banco Luso Brasileiro, sediado em São Paulo, no Brasil. A nova identidade, que será adotada em todos os materiais institucionais e de comunicação, bem como em diversos suportes ao nível de front office, é uma evolução da identidade anterior, agora mais envolvente, atual, dinâmica e mais próxima de todos os clientes do Banco Luso Brasileiro. A agência manteve as cores verde e vermelho, agora mais vivas e apelativas, assim como a assinatura já utilizada pelo banco: “O banco que fala a sua língua”.