fbpx
Login
Atualizado a 20 Mar, 2019

Häagen-Dazs faz recall por erro em rótulo

Ler mais...A marca de gelados Häagen-Dazs teve que fazer a recolha de dez mil embalagens de gelado de chocolate com manteiga de amendoim devido a um erro na aplicação do rótulo. As embalagens foram incorrectamente marcadas com o rótulo de outro sabor de gelado da marca, o que poderia colocar em risco a saúde dos clientes com alergia a amendoim.

"As pessoas que têm alergia ou sensibilidade severa ao amendoim podem correr o risco de reacção alérgica grave ou que implica risco de vida se consumirem este produto", disse a empresa.


O gelado havia sido distribuído em Delaware, Flórida, Maryland, Carolina do Norte, Nova Jersey, Nova Iorque, Pensilvânia, Carolina do Sul, Virgínia, West Virginia e no Distrito de Columbia.

Ogilvy Praga cria embalagem original para medicamento

Quando a inovação é arrojada no design para uma embalagem de produto, ela não será facilmente esquecida. A pensar na forma e na função, a Ogilvy Praga criou uma embalagem original para a marca Clavin, para um remédio de disfunção eréctil.

Ler mais...

A Ogilvy criou uma embalagem que mantém o comprimido na posição vertical, e recorre ao humor para explicar a funcionalidade e o objectivo do medicamento. A agência de Praga venceu um prémio Gold Award CLIO pela criatividade da embalagem.

Smint Chicle promove reutilização da embalagem

Ler mais...A Smint Chicle é uma pastilha sem açúcar que surge numa embalagem metálica e reutilizável. O objectivo é ajudar a provocar uma mudança de hábitos do consumidor e impulsionar atitudes ecológicas. As embalagens metálicas da Smint Chicle podem ser adquiridas individualmente ou em packs de duas e existem também as bolsas, mais económicas, para recarregar as embalagens reutilizáveis.

As drageias apresentam-se agora com micropartículas intensificadoras de sabor, em morango, spearmint e peppermint.

A Smint faz parte do grupo Perfetti Van Melle desde 2006, que conta com 19 mil funcionários em 39 empresas. Em Portugal, a Perfetti Van Melle está presente com a Chupa Chups, Smint e outras marcas do grupo como a Mentos e a Happydent.

Omdesign cria packaging especial

Ler mais...O Grupo Gran Cruz lança a sua mais recente edição especial – Porto Cruz Colheita 1985 -, criada e produzida pela agência Omdesign, que trabalha com o Grupo desde 2009. Este novo packaging premium foi apresentado, no âmbito da inauguração da nova adega e centro logístico da Gran Cruz, em Alijó, o primeiro projecto criado de raiz pelo Grupo no Alto Douro Vinhateiro, e reflecte a própria arquitectura desta unidade industrial enquadrada na paisagem. A nova edição retrata e alia o projecto da adega e a exclusividade do vinho Colheita 1985.

Heidelberg compra Gallus e reorganiza-se

A Heidelberg anunciou que vai fazer a aquisição do restante capital da Gallus, onde já detinha 30% desde 1999. A Gallus é uma das principais fornecedoras para a indústria de embalagem e etiquetas no Mercado, que em 2013 teve um resultado de 188 milhões de francos suíços (aproximadamente 153 milhões de euros) e conta com cerca de 500 funcionários.

Ler mais...

 

A aquisição acelera o desenvolvimento e a utilização de produtos digitais da Heidelberg no sector dos rótulos. No Outono, a Heidelberg e a Gallus vão lançar um novo sistema de impressão digital para o mercado de etiquetas que incorpora a tecnologia Fujifilm.

 

Nos próximos seis meses, a Heidelberg vai avaliar as linhas de produtos com fracas margens e, eventualmente, descontinuar alguns segmentos de produtos. A última fase da reorganização, iniciada há 18 meses quando o CEO Gerold Linzbach foi nomeado, visa uma margem de EBITDA de pelo menos 8% no próximo ano financeiro. A Heidelberg confirmou ainda que os números preliminares apontam para vendas na casa de 2,4 biliões de euros.


A Heidelberg anunciou um plano para cortar custos e consolidar as suas localizações ao realocar 500 funcionários ligados à administração da sede da Heidelberg para a fábrica de Wiesloch/Walldorf. O objectivo da mudança é criar um gigantesco demo center tanto para a impressão comercial como para o sector da embalagem. O que não ficou claro é se a empresa vai manter o edifício da Print Media Academy, inaugurado em 2000, altura em que se comemoraram os 150 anos da companhia.
Linzbach afirma que a Heidelberg vai procurar “soluções concretas” para investir ou adquirir novos negócios.


A parceria com a Fujifilm foi, também, expandida, com a Heidelberg a fazer a venda das chapas da Fujifilm no mercado da Escandinávia e um novo acordo vai levar a que a Fujifilm apresente os CtPs da Heidelberg como uma opção adicional, estando o acordo a ser tratado isoladamente em cada país.


“A Heidelberg do passado era famosa pela qualidade das suas máquinas de impressão. E queremos manter essa qualidade na engenharia. Mas a Heidelberg de amanhã também será conhecida pela qualidade dos seus serviços” referiu Linzbach, depois de explicar que o departamento de serviços já representa biliões de euros e ainda tem potencial de crescimento.

 

Irlanda aprova padronização da embalagem do tabaco

Ler mais...A Irlanda vai ser o primeiro país, na Europa, a padronizar as embalagens de tabaco. Foi aprovada uma lei contra a publicidade do tabaco, sendo especificado ainda que todos os maços de cigarros e de tabaco vão ter a mesma cor e a marca será escrita com o mesmo tipo de letra na parte inferior da embalagem.

O design gráfico da embalagem deverá conter imagens de doenças relacionadas com o consumo de tabaco. A Austrália e a Nova Zelândia foram os primeiros países a implementar estas medidas

A medida é similar à aplicada pelo governo australiano, primeiro país do mundo a obrigar as companhias de cigarro a padronizar as embalagens de cigarro, medida que depois foi implementada pela Nova Zelândia.O objectivo é tornar o tabaco menos apelativo para os jovens e, ao mesmo tempo, destacar os problemas causados pelo vício.
O governo irlandês estima uma redução de 5%, no prazo de 11 anos, o que reduziria os custos de saúde derivados do tratamento de doenças provocadas pelo tabaco, estimados em 650 milhões de euros por ano.

Jovens da UBI vencem Glassberries

Ler mais...A Universidade da Beira Interior foi a grande vencedora da edição de 2014 dos Glassberries Design Awards. O desafio era desenvolver uma garrafa de vodca. Luís Gomes e Cristiano Narciso receberam o Golden Glassberry – o primeiro prémio dos Glassberries Design Awards. A UBI esteve ainda em destaque com a atribuição de uma Menção Honrosa - primeiro lugar - do Júri de Clientes de Vodka ao aluno de mestrado em Design Multimédia, Daniel Bacelar.

Pedro Sousa, do Instituto Politécnico da Guarda conquistou o Silver Glassberry (segundo prémio) e Julia Procka, da Academy of Fine Arts de Varsóvia arrecadou o Bronze Glassberry – o terceiro prémio da competição.

Foram entregues no total nove menções honrosas, correspondentes às escolhas da BA Vidro, dos Clientes de Vodca convidados e dos jurados convidados especialistas em Design e Inovação. A Universidade Lusíada de Lisboa, o Instituto Politécnico da Guarda, a Universidade da Beira Interior e a Academy of Fine Arts de Varsóvia foram as distinguidas. Com este galardão, os alunos ganharam, entre outros prémios, um estágio remunerado na BA Vidro e um iPad air.

O júri que avaliou as propostas para a criação da melhor garrafa de vodca foi composto por Mark Tluszcz, co-fundador e CEO da Mangrove, por responsáveis da BA Vidro, por clientes convidados como Slawomir Mikos, Diretor de Compras e Desenvolvimento da CEDC e Leszek Wojtan, Presidente do Conselho de Administração da Polmos Bielsko-Biala, e por especialistas em design como Tiago Barquinha, CEO da Agência Mojobrands.

A concurso estiveram, este ano, 125 candidaturas de sete instituições de ensino superior de Portugal, Espanha e Polónia. Para esta edição dos Glassberries Design Awards a BA convidou, além da Universidade da Beira Interior, a Universidade Lusíada de Lisboa, o Instituto Politécnico da Guarda, a ESART - Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco, a Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha, a EINA - Centre Universitari de Disseny i Art (Espanha) e a Academia de Belas Artes de Varsóvia (Polónia).

Decal Labeling presente na FERSANT

Ler mais...A Decal Labeling, marca do Grupo Digidelta, vai marcar presença, até 15 de Junho, na FERSANT – Feira Empresarial da Região de Santarém, a decorrer no Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA, em Santarém), em paralelo com a Feira Nacional da Agricultura.
O objetivo é consolidar a estratégia de liderança na Península Ibérica no mercado de equipamentos de impressão digital e em consumíveis para o mercado gráfico digital. Com um stand próprio de 18m2 e a presença de uma equipa de gestores especializados, a Decal Labeling vai colocar em destaque três equipamentos de impressão digital, com demonstrações de impressão de etiquetas no local.

Em evidência vão estar os equipamentos PPL1 (impressora Trojan), PPL2 (impressora Kiaro) e PPL3 (impressora Epson), três soluções de etiquetagem para os mercados têxtil, indústria alimentar, decoração e mobiliário, calçado, logística, etiquetas energéticas, entre outros.
Fernando Alves, diretor da Decal Labeling, afirma que “As empresas têm hoje uma grande necessidade de identificar os seus produtos de forma rápida e económica, um desafio que é facilitado pela Decal Labeling através de soluções de impressão digital com grande flexibilidade e eficiência. As nossas soluções estão hoje ao serviço de empresas em Portugal e no exterior, contribuindo para uma melhoria operacional dos nossos clientes”.

A FERSANT tem como objetivo dar a conhecer e promover o que de melhor se faz na região do Ribatejo, primando por ser um espaço de partilha e concretização de negócio entre as empresas presentes e os visitantes do certame. O evento organizado pela NERSANT - Associação Empresarial da Região de Santarém celebra este ano a sua 25ª edição, depois de no ano passado ter recebido mais de 160 mil visitantes provenientes de todo o país.

Coca-Cola cria tampas para uma segunda vida da embalagem

Ler mais...A Coca-Cola lançou a ’2nd lives’, uma linha de 16 tampas inovadoras que permitem dar uma segunda vida às suas embalagens de bebida. O objectivo é transformar as embalagens em objectos úteis, tais como pincéis, borrifadores, apontadores de lápis e até em dispositivos para fazer bolhas de sabão. No âmbito do programa de sustentabilidade, a marca de refrigerante produziu 40 mil garrafas e distribuiu-as na Tailândia e Indonésia.

 

 

Supermercado sem embalagens abre na Alemanha

Ler mais...O Original Unverpackt abriu na Alemanha e pretende ser o primeiro supermercado no qual não existem embalagens. Financiado por crowdfounding, o projecto visa abolir o desperdício causado pelas embalagens, especialmente as de plástico. 

No supermercado de Berlim, o cliente pode levar um recipiente para transportar as compras, usar uma embalagem de papel reciclável ou pedir emprestado um recipiente que terá de devolver em seguida. O projecto foi criado por Sara Wolf e Milena Glimbovski.