Log in

Lexmark adquire software de pesquisa ISYS e Nolij

lexmark perceptive_logoA Lexmark acaba de anunciar a conclusão das conversações para a aquisição de duas empresas, a companhia australiana de software de pesquisa ISYS e a americana Nolij. Ambas empresas irão integrar a Perceptive Software, uma unidade de negócio independente da Lexmark.
As soluções de pesquisa corporativas da ISYS disponibilizam uma poderosa pesquisa de dados federados, análise textual e capacidades de pesquisa em conteúdos móveis e embebidos para um vasto conjunto de formatos, linguagens e plataformas – permitindo às organizações democratizarem o conhecimento empresarial, reduzindo o risco de perda de informação e facilitar a disponibilização de informação crítica de negócio para as tomadas de decisão.
A sua tecnologia de filtragem de documentos é o motor analítico principal desta suite aplicacional empresarial. Conectando todas as fontes de informação não estruturadas que existem numa organização, o Document Filters permite aos utilizadores analisar , extrair e disponibilizar (em alta definição) conteúdos contidos em centenas de tipos de ficheiros diferentes.
A suite de Software Nolij é 100% baseada em tecnologia web, para documentos de imagem, com uma plataforma de workflow que inclui um suporte inovador e nativo para dispositivos móveis bem como funcionalidades de processamento de formulários. Esta suite inclui Nolij Transfer, um produto Web de integração de dados que permite comparação automática de dados e o upload de informação para os sistemas de informação dos alunos, eliminando a digitação manual de dados e reduzindo os erros associados com os processos manuais dos serviços administrativos das universidades. 
As mais recentes aquisições da Lexmark asseguram a execução da sua estratégia de “captura/gestão/acesso”, permitindo à empresa capturar de forma inteligente conteúdos impressos e electrónicos através de um conjunto de dispositivos incluindo os premiados multifuncionais inteligentes e dispositivos móveis, enquanto faz a gestão e processa os conteúdos através dos suas tecnologias de gestão de conteúdos da empresa e de processos de negócio.

Konica Minolta apresenta Digital 1234

KM prodigital2012A Konica Minolta Portugal fez uma pré-apresentação do conceito Digital 1234 na Pro-Digit@l 2012. O programa prevê que a Konica Minolta, em conjunto com os clientes, possa detetar oportunidades de negócio, ajudando-os ter maior rentabilidade. Com o Digital 1234, a Konica Minolta pretende dar resposta aos problemas dos seus principais clientes – as empresas de artes gráficas. O programa de desenvolvimento de negócios guia o cliente, através de 4 passos simples, pelas novas oportunidades de negócio. A Konica Minolta apresentou, ainda, o bizhub PRO C754, um novo equipamento multifuncional a cores que assinala a estreia da marca no segmento de pré-produção. A bizhub PRO C754 faz a ponte entre os equipamentos de office e os de produção e permite atingir um novo tipo de clientes: os que precisam de um equipamento com mais capacidade do que um de office mas com menos potência e investimento do que um equipamento de produção.
Em destaque estiveram, ainda, os produtos PrintGroove Queue, PrintGroove Ready e PrintGroove JT Web que permitem a gestão inteligente e sustentável do fluxo documental dentro de uma gráfica ou centro de reprografia permitindo o aumento de produtividade e a redução de custos. Para área de Office foi demonstrado o EveryOnePrint, uma solução para a impressão móvel.

Cartunista italiano vence o XIV PortoCartoon

portocartoon2012 vencedorAlessandro Gatto, de Itália, foi o vencedor do Grande Prémio do XIV PortoCartoon-World Festival, organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, e subordinado ao tema "Ricos, pobres, indignados". O segundo Prémio foi atribuído a Felipe Galindo, mexicano a morar nos EUA, na categroia Tema Livre, e o terceiro em ex-aequo a Turcios, da Colômbia, e a Valery Doroshenko, da Ucrânia.
A qualidade dos trabalhos, levou o júri internacional a atribuir ainda 12 Menções Honrosas a artistas de diferentes países: Bélgica, Brasil, China, Espanha, França, Irão, México, Portugal, Reino Unido, Sérvia, Síria e Ucrânia. A oportunidade do tema e a elevada qualidade de grande parte dos participantes foi sublinhada pelos membros do Júri. Em apreciação estiveram cerca de duas mil obras, de centenas de artistas, oriundos de todos os continentes. O Irão é o país com mais participantes (66) e trabalhos: 255. Segue-se o Brasil, a China, Portugal e Roménia. 
Com esta participação, o Portocartoon cimenta o seu lugar no pódio dos concursos internacionais de humor e reforça a pertinência da classificação do Porto com o 'capital do cartoon', atribuida em 2008. O Júri internacional do XIV PortoCartoon foi presidido por Georges Wolinski (França) e integrou ainda: Peter Nieuwendijk, Presidente-geral da Feco (Holanda); Xaquín Marín, fundador do Museo de Humor de Fene (Espanha); Luís Mendonça, Representante da Faculdade de Belas Artes do Porto e Luís Humberto Marcos, diretor do PortoCartoon e do Museu Nacional da Imprensa.
Os vencedores do XIV PortoCartoon receberão os troféus e os prémios durante a cerimónia de abertura da exposição que decorrerá nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, a 23 de junho, aquando das Festas do S. João. Várias centenas de milhares de visitantes já viram as treze edições do PortoCartoon realizadas nas instalações do Museu Nacional da Imprensa, e nas diferentes cidades por onde passaram as exposições: Argentina, Bolívia, Brasil, França, Espanha e México.

Photoshop CS6 Beta já disponível no Adobe Labs

photoshop6 betaO Adobe® Photoshop® CS6 é uma amostra daquilo que se pode esperar do próximo lançamento da referência do mercado de edição de imagem, e está disponível para download gratuito nos Adobe Labs. Os clientes podem descarregar a versão beta, testá-­?la e fornecer feedback à equipa de produto. Repleto de novas funcionalidades, assim como melhorias no desempenho, o Photoshop CS6 Beta está disponível para as plataformas Mac OS e Microsoft® Windows®. A versão final deverá ser lançada durante o primeiro semestre de 2012. 

“O Photoshop CS6 vai ser um marco nos lançamentos do Photoshop, expandindo as fronteiras da inovação em edição de imagem com grande velocidade e desempenho”, afirma Winston Hendrickson, vice-­?presidente de produtos de Creative Media Solutions da Adobe. “Estamos ansiosos para partilhar esta versão beta do Photoshop CS6 com os nossos clientes, e aguardamos com expectativa para saber como estão a integrar o beta nos seus fluxos de trabalho criativo diário.” 

Entre as funcionalidades principais incluem-­?se novidades nas ferramentas “Content-­?Aware”: o Content-­?Aware Patch permite um maior controlo ao deixar os utilizadores seleccionar e duplicar uma área de uma imagem para preencher ou colocar outra, e o Content-­?Aware Move deixa os utilizadores seleccionar e mover, como por “magia”, um objecto para um novo lugar na imagem. 

Os clientes vão experienciar um desempenho potenciado pelo novo Adobe Mercury Graphics Engine*, permitindo resultados praticamente instantâneos de ferramentas de edição populares, como Liquify, Pupper Warp, Transform e Lighting Effects; e uma interface moderna e refinada com opções de IU enegrecidas para criar imagens pop. Ferramentas de design novas e redesenhadas tornam a criação de designs de forma mais rápida e eficiente. “Layers” vectoriais permitem aos utilizadores aplicar “dashed lines” e “gradient strokes”, “layers” pesquisáveis que rapidamente são focados em qualquer “layer”, e novos estilos tipográficos que permitem aos designers aplicarem com rapidez novos tratamentos tipográficos aos seus designs. 

Adicionalmente, o beta do Photoshop CS6 oferece todas as funcionalidades do Adobe Photoshop CS6 e Adobe Photoshop CS6 Extended, como as novas funcionalidades de edição em 3D e capacidades de análise quantitativa de imagens. Estas funcionalidades vão ser incluídas na versão de retalho do Photoshop CS6 Extended, quando esta estiver disponível. A versão beta do Photoshop CS6 já está disponível para download gratuito em Inglês e Japonês. Na instalação, é pedido aos utilizadores que forneçam um Adobe ID para completar um login único e a activação online do produto. Para mais informações sobre como instalar o Photoshop CS6 beta, visite www.adobe.com/go/photoshopcs6. Os clientes podem submeter o seu feedback através do fórum Photoshop CS6 Beta. Os utilizadores também se podem ligar à equipa Photoshop através do site da comunidade, no Facebook, no Youtube, no blogue Photoshop.com ou no Twitter.

Navigator dá mão à floresta

navigator florestaNo Dia Mundial da Floresta, a marca Navigator ofereceu milhares de plantas em Lisboa e no Porto, além de diversos materiais Navigator. Esta acção, enquadrada na iniciativa “Dá a Mão à Floresta” teve como objectivo sensibilizar a população para a importância de cuidar da floresta e do papel activo que a marca Navigator e o grupo Portucel Soporcel têm tido nesse âmbito. Diversas espécies de plantas, entre as quais eucaliptos, azinheiras e alfazemas, produzidas nos viveiros do grupo Portucel Soporcel, foram oferecidos durante todo o dia a quem passou junto das lojas Staples (Alfragide, Circunvalação e Gaia) e Continente (Centro Colombo).

Océ lança solução de corte

oce procutA Océ lançou uma  mesa de corte, a Océ ProCut , que incorpora o software com o mesmo nome, para preparar e interpretar os dados de corte, num fluxo de trabalho ininterrupto. A solução Océ ProCut pôde ser vista, recentemente, na FESPA 2012, que teve lugar em Barcelona.  A solução Océ Procut é sistema produtivo de finalização utilizado para optimizar as tarefas de corte de suportes rígidos, como os diferentes tipos de “foam”, materiais plásticos, acrílicos ou estirenos, para além de materiais flexíveis como o papel, o poliéster, os vinis ou as telas. Também pode ser utilizado na finalização de trabalhos mais complexos, como os cortes de contornos e aplicações para pontos de venda, ou projectos estruturais.

Workshops em Photoshop e InDesign: inscreva-se já!

AngelaRodriguesA revista doPAPEL e a P’ós Gráficos vão levar, à Papergift/Pro-Digit@l 2012 algumas acções de formação em Adobe Photoshop e Adobe InDesign. Se utiliza estas ferramentas não perca a oportunidade de expandir os seus conhecimentos ou fazer alguma reciclagem. É uma oportunidade única já que, a título excepcional, as acções têm o valor individual de apenas 10€! Contamos consigo!

Formadora: Ângela Rodrigues

Trabalha em artes gráficas há 30 anos e dá formação na mesma área desde 1986. Em 2005 fundou a P’ós Gráficos, que faz produção e formação em paralelo. Esta empresa deu formação e consultoria a todas as revistas da Impala na sua transição de Quark para InDesign; estiveram presentes em acções de formação para o grupo Medipress nos últimos anos; ajudaram a equipa da Brandia Central a migrar de FreeHand para Illustrator; ministraram formação de Photoshop avançado para a BBDO; estiveram na Imprensa Nacional-Casa da Moeda formando em Gestão de Cor e InDesign, entre outros. Desde o início da empresa que tem sido convidada pela Adobe para apresentação dos seus seminários oficiais, bem como dos muitos seminários on-line que são realizados regularmente. É também moderadora na Adobe Comunity Help para InDesign em conjunto com a formadora Isabel Pinto.

Valor de cada acção de formação: 10€
As inscrições podem ser feitas para o e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. / Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

O pré-registo para entrada na feira pode ser feito aqui!

 

 

Dia 29/03
Técnicas de retoque e recuperação de imagens com Photoshop CS5
11:30 - 12:30 
• Ferramentas para retirar impurezas, riscos, manchas e outras imperfeições
• Recuperar riscos e rasgões
• Corrigir traços demasiado finos ou demasiado grossos
• Retirar um elemento indesejado de uma imagem

Algumas dicas sobre correcção de cor em Photoshop
15:00 – 16:00
• Correcções directas ou através de camadas de ajuste
• Sombras e altas luzes
• Equiparar cor entre imagens
• Alguns métodos para passar imagens a preto e branco


Dia 31/03
Automatismos no Photoshop: Actions, Droplets, e outros
11:30 - 12:30 
• Programar preferências e atalhos para um funcionamento mais eficiente
• Scripts úteis
• Automatizar montagens panorâmicas
• Alinhamento e mistura automática de camadas
• Actions e Droplets: programar e automatizar

Utilização de estilos de texto em InDesign
15:00 – 16:00
• Estilos de parágrafos e estilos de caracteres: quando e como usar
• Automatizar a utilização dos estilos
• Estilos “inteligentes” (GREP Styles)

Dia 01/04
Técnicas para usar Tabelas em InDesign (integração com excel e office)
11:30-12:30
• Importar tabelas de word e excel com e sem formatação
• Unir e dividir células
• Utilização de cores e degradés em tabelas
• Estilos de células e de tabelas (inclusão de estilos de parágrafo)

Utilização de automatismos em InDesign (Scripts, DataMerge, GREP)
15:00-16h00
• Alguns Scripts úteis
• Automatizar layouts com Data Merge
• Pesquisas avançadas de dados variáveis com GREP

Apigraf defende extinção das gráficas do estado

Josá Constâncio, presidente da apigrafPaulo Portas, na qualidade de líder do CDS/PP, prestou declarações aquando da sua visita à Região Autónoma dos Açores, em que afirmou a necessidade de os partidos políticos envolvidos na campanha eleitoral naquela região de se absterem de gastar muito dinheiro afirmando que "o país está a passar um momento muito difícil, há muita gente a passar momentos difíceis", pelo que apelou a que os partidos "gastem o menos possível na campanha eleitoral". Atendendo ao facto de que os meios propagandísticos mais visíveis nas campanhas eleitorais passam pela utilização de meios impressos, como sejam os cartazes e outdoors, a apigraf – Associação Portuguesa das Indústrias Gráficas, de Comunicação Visual e Transformadoras do Papel, requereu ao Ministro da Economia, com carácter de urgência, uma audiência, de forma a transmitir ao Governo a posição das mais de 500 empresas do sector por si representadas e directamente afectadas por este tipo de decisão.
A apigraf comunica ser solidária com a opinião manifestada de que é fundamental reduzir custos e que os gastos com as campanhas eleitorais, bem como outras iniciativas públicas, devem ser contidos e que enquanto organização empresarial, representativa de um sector maioritariamente constituído por micro e PME’s, que emprega cerca de 20.000 trabalhadores na sua globalidade, não pode concordar que essa contenção seja feita à custas das empresas privadas e não da redução directa de custos com a manutenção de organismos públicos dedicados à actividade gráfica.
De facto, existem diversos departamentos gráficos do Estado, associados à administração directa, como seja o caso da INCM e do departamento editorial do Ministério da Educação, mas também de inúmeras Câmaras Municipais e outros organismos como escolas e estabelecimentos prisionais, que, à conta do erário público, subsistem na produção de materiais gráficos, por vezes trabalhando em exclusivo para o Estado, mas muitas vezes igualmente para o mercado em geral, em concorrência com as empresas gráficas privadas. Assim, indo de encontro ao programa eleitoral do actual governo, que defende uma política de ‘menos Estado, melhor Estado’, a apigraf irá reforçar a ideia de que as empresas do sector podem ajudar a contribuir para a diminuição de avultadas somas que são anualmente gastas com as referidas empresas, por um lado e, por outro, que o Estado possa contribuir para dinamizar um sector que, por si só, atravessa uma situação conjuntural bastante difícil.

Canon eleita marca de confiança em câmaras

 

canon 7dA Canon é considerada como a marca de câmaras fotográficas mais fiável da Europa no estudo "Marcas de Confiança 2012", da Selecções do Reader's Digest, que avalia os níveis de confiança dos consumidores nas marcas divididas em 40 categorias.

A Reader’s Digest pediu aos seus leitores de 15 países europeus que nomeassem a marca em que mais confiam em várias categorias, incluindo câmaras fotográficas. Os participantes avaliaram cada marca de acordo com os seguintes critérios: Qualidade, Relação custo/benefício, Imagem forte, Percepção das necessidades do cliente e Socialmente responsável.

Segundo Goreti Pedrosa da Canon, “Sermos eleitos a marca de confiança em câmaras fotográficas, pelos leitores de toda a Europa nos últimos doze anos, constitui grande motivo de satisfação. Na Canon, somos apaixonados pelo poder da imagem e esforçamo-nos no sentido de podermos proporcionar a todos os entusiastas da fotografia soluções inovadoras que estimulem a sua criatividade. É com orgulho que verificamos que tantos leitores da Reader’s Digest continuam a confiar em nós.”

A revista Selecções do Reader’s Digest promove desde 2000 as “Marcas de Confiança”, com o objetivo de avaliar os níveis de confiança dos consumidores de vários países europeus num vasto leque de categorias de produtos e serviços.

A Canon foi escolhida pelos consumidores dos seguintes países: Áustria, Bélgica, República Checa, Finlândia, França, Alemanha, Holanda, Portugal, Rússia, Eslovénia, Suécia e Suiça.

A comunicação no ponto de venda funciona

pop tassimoA última investigação levada a cabo pela in-Store Media em Portugal, com a TNS, sobre o valor das marcas, nas lojas do grupo Sonae, revela que os consumidores que recebem o impacto das campanhas no ponto de venda reconhecem mais facilmente as marcas, tendo-se registado uma média de crescimento do top-of-mind de 56%. O estudo demonstra ainda que os suportes publicitários modificam a intenção de compra em mais de 36% nos consumidores e que a recordação da publicidade das marcas alcançou um aumento de 84%.
Com este estudo a in-Store Media pretendeu medir a contribuição para a marca da publicidade no ponto de venda, que foi analisada tendo em conta as seguintes variantes: a recordação dos suportes e das marcas (TOM e espontaneidade), a recordação publicitária (TOM e espontaneidade), a recordação da campanha associada ao suporte, e a intenção de compra das marcas nas categorias enunciadas.
Segundo Nuno Saraiva de Ponte, Director-Geral da empresa, “a informação recolhida pelas agências de estudos de mercado, é um excelente complemento aos dados fornecidos pelas avaliações de vendas. Enquanto as avaliações de vendas, comprovam de forma inequívoca o impacto de cada suporte publicitário na rotação dos produtos comunicados, os estudos qualitativos aos suportes dão-nos informação complementar que nos permite adequar melhor a comunicação aos objectivos pretendidos, como o reforço da imagem de marca ou da notoriedade do produto”. “E cada suporte tem as suas mais-valias para cada situação de comunicação: seja aumentar a notoriedade de uma marca, implementar uma promoção, apoiar um lançamento ou reforçar as vendas em períodos sazonais”, acrescenta.
A in-Store Media controla os resultados da comunicação no ponto de venda com muita regularidade. Durante 12 anos, a empresa realizou mais de dez estudos ao nível da Saúde da Marca em países como a Argentina, México, Espanha, Portugal e Polónia, que se traduziram em mais de nove mil entrevistas nos acessos aos centros e na participação de mais de 40 marcas. Além disso, a in-Store Media, empresa líder de marketing no ponto de venda, possui mais de 260 medições de eficácia em vendas, realizadas nesses mesmos países acima referidos.
As investigações têm sido realizadas pelas principais agências de estudos de mercado sobre o consumidor, às quais a in-Store Media recorre, como TNS Global, Research International, IRI, Nielsen, IPSOS, entre outras. Paralelamente, a in-Store Media utiliza também dados das próprias cadeias. 
Os dados apresentados demonstram que os circuitos publicitários da in-Store Media permitem aos anunciantes gerar grande notoriedade e imagem de marca.