Log in

Portucel Soporcel reforça aposta exportadora

O grupo Portucel Soporcel vai marcar presença na Paperworld, entre 25 e 28 de Janeiro na cidade de Frankfurt. O grupo português vai apresentar as suas marcas próprias no certame, numa estratégia de conquista de novas oportunidades e consolidação de parcerias de negócio a nível internacional.

Navigator 01
Navigator 01

Navigator 01

“Acreditamos que 2014 continuará a ser um ano de conquista de quota de mercado nas principais geografias em que operamos. Enquanto exportador, o grupo está atento à evolução dos mercados e trabalha para detectar novas oportunidades que permitam o crescimento da sua actividade. Este permanente investimento tem-nos permitido manter uma carteira de encomendas muito confortável e trabalhar de forma contínua, a 100% da capacidade produtiva, colocando a quase totalidade da nossa produção no mercado externo.”, refere Hermano Mendonça, director de marketing do grupo Portucel Soporcel.

No stand do grupo Portucel Soporcel, no Pavilhão 3, estarão expostas as principais marcas de papel – Pioneer, Inacopia, Explorer, Target e Discovery – bem como a Navigator. Presente em mais de 90 países, a Navigator foi considerada a marca de fábrica de papel de escritório mais valiosa na Europa pelo estudo Brand Equity Tracking Survey, da Opticom International Research.

Segundo Hermano Mendonça, "enquanto maior produtor europeu é fundamental estarmos presentes naquela que é a maior feira do mundo dedicada a papel e material de escritório e que no ano passado recebeu mais de 80 mil visitantes”.

É uma oportunidade para reforçar a nossa posição de liderança mundial e a estratégia de sucesso que desenvolvemos ao nível das marcas próprias, que são hoje líderes de mercado, distinguindo-se pela inovação e sustentabilidade ambiental, e que são exportadas para mais de 110 países, nos cinco continentes, com destaque para a Europa e EUA”, sublinhou.

As vendas de marcas próprias, nos primeiros nove meses de 2013, registaram um crescimento de um ponto percentual no total do negócio e quatro pontos percentuais na Europa. O grupo atingiu nos primeiros nove meses de 2013 um volume de negócios de 1 137,2 milhões de euros, traduzindo um crescimento de 2,5% em relação a 2012, tendo as exportações atingido 902 milhões de euros.

O grupo continua a reforçar a sua entrada no mercado europeu, o que lhe permitiu uma conquista adicional superior a 85 mil toneladas, pelo que a quota de mercado se situou nos 17% no total do UWF e acima de 20% nos produtos transformados em folhas (papel de escritório e formatos para indústria gráfica).

Em 2012, os mercados fora da União Europeia representaram 33% das exportações. O grupo foi responsável, em 2012, por 88% das exportações europeias de papéis finos de impressão e escrita não revestidos para a América do Norte; 52% para África; 32% para o Médio Oriente, 45% para a América Latina e 3% para a Ásia, indicadores que ilustram bem a sua forte presença internacional. As vendas para a América do Norte e Médio Oriente representam, respetivamente, 7% e 13% das exportações nacionais para estes mercados.