Log in

Heidelberg lança Speedmaster XL 106-DD

Etiqueta Tapas Dip
Etiqueta Tapas Dip

Etiqueta Tapas Dip
O mercado de etiquetas Inmould está a crescer a uma taxa de 4,3% de acordo com o Awa Global Inmould Study 2017, e mais de dois terços da produção mundial é necessária para a embalagem alimentar. A Heidelberg lançou agora um cortador rotativo melhorado com base na tecnologia XL, que promete ter toda a segurança exigida pela indústria alimentar.


A Speedmaster XL 106-DD une duas etapas de produção numa única máquina. A primeira unidade rotativa do cortador de matriz coloca o orifício de injeção na etiqueta, para o processo de produção subsequente, por meio de um cilindro magnético. Até mesmo os orifícios mais pequenos de cinco milímetros de diâmetro ou mais são possíveis. Até agora, este era um passo separado que, consequentemente, aumentava o tempo de produção do trabalho. O material cortado é removido de forma segura através de um sistema de extração.

A segunda unidade da XL 106-DD corta o contorno do rótulo. A combinação dos dois passos de produção numa passagem significa duplicar o débito de corte, enquanto os horários e os custos das ferramentas de corte podem ser reduzidos para metade.


A XL 106-DD processa foils e papel com espessuras de 0,05 a 0,3 mm com um rendimento de 6 000 a 10 000 folhas por hora. Os custos das ferramentas de corte de matriz geralmente variam entre 300 e 1 000€, e a máquina é configurada em 15 minutos.


Furos de injeção de cinco milímetros de diâmetro e mais podem ser cortados, de modo a que todas as necessidades possam ser atendidas. Além dos rótulos Inmould, a XL 106-DD também cortar elementos de embalagem em plástico ou papel, tais como material de ponto de venda que, devido ao seu design, precisam de uma "janela" ou furo para montagem na prateleira ou para anexar ao produto.