Log in

KBA reporta € 601,9 milhões em encomendas

CS MetalCAN
CS MetalCAN

CS MetalCAN
Depois de um bom início do ano em que a Koenig & Bauer comemora o 200º aniversário, o grupo pode anunciar um desempenho comercial favorável no segundo trimestre de 2017.
 
"As feiras bem-sucedidas Print China em Pequim, interpack em Düsseldorf e METPACK em Essen contribuíram para um aumento substancial das encomendas em soluções para a produção de embalagens em cartão, decoração metálica, marcação e codificação e impressão em vidro e de contentores ocos.
 
Com as receitas a cair ligeiramente para € 538,9 milhões, em relação ao ano anterior devido a mais entregas no segundo semestre, a carteira de encomendas manteve-se alta em € 620.5m.

Apesar desse crescimento e da expansão do negócio de serviços, o valor de € 601,9 milhões em encomendas foi ligeiramente reduzida em relação ao valor do ano anterior de 618,8 milhões de euros, que foi estimulado pelas principais encomendas de máquinas para impressão de segurança", explicou o CEO Claus Bolza-Schünemann.
 

Resultados por segmentos


A entrada de encomendas no segmento Sheetfed (folha-a-folha) cresceu 12,2% para € 326,3 milhões graças ao aumento no negócio de serviços e no aumento de encomendas de máquinas de formato médio. Os cortadores de papel para o processamento pós-impressão de cartão também contribuíram para o crescimento. A receita aumentou 5,5%, passando de € 291,7 milhões no ano anterior para € 307,8 milhões. A receita adicional com melhores margens e menores custos resultou em um aumento substancial no lucro do segmento para € 12,1 milhões (2016: € 8,6 milhões).
 
O valor de € 85,7 milhões foi alcançado nas encomendas registadas no segmento Digital & Web. Com as receitas a recuarem para os € 68,3 milhões (2016: € 75,5 milhões), a carteira de encomendas aumentou de € 92,3 milhões para € 93,6 milhões. O EBIT foi de - 2,8 milhões de euros (2016: - 2,7 milhões de euros) pela pressão da KBA-Flexotecnica, que contribuiu com um valor de - 3,1 milhões de euros. Estes resultados refletem também a otimização dos esforços da filial italiana para acelerar o curso de crescimento no futuro mercado de embalagens flexíveis.
 
Apesar do crescimento de encomendas em soluções de impressão de embalagem, o novo negócio no segmento Special diminuiu para €216.3m (2016: €269.5m), devido à receção de grandes encomendas no ano anterior. Nos 189,2 milhões de euros, a receita do segmento ficou abaixo do ano anterior (222,9 milhões de euros) devido a mais entregas no segundo semestre. O EBIT chegou a € 14,6 milhões, traduzindo-se em uma margem de 7,7%. O valor do ano anterior de € 22,1 milhões foi influenciado por um alto efeito de recuperação de € 4,9 milhões de um grande projeto de impressão de segurança.
 

Orientação para 2017

 
A carteira de encomendas de 620,5 milhões de euros no final do primeiro semestre, a expansão do negócio de serviços, a procura constante nos mercados de embalagens e promissores projetos de clientes nas áreas de segurança e impressão digital, fazem com que o conselho de administração preveja o crescimento das receitas com um efeito positivo nos ganhos.
 
Na ausência de qualquer deterioração material nas condições económicas e políticas globais que afetem os negócios internacionais, a administração espera alcançar um crescimento orgânico de até US $ 1,25 bilião nas receitas do grupo e uma margem EBIT de cerca de 6% em 2017.