Log in

Jornalistas da Controlinveste marcam greve

JornaisOs trabalhadores da Controlinveste contestam o despedimento colectivo que ocorreu no Diário de Notícias, considerando que em causa está a qualidade editorial do jornal e por isso marcaram greve de 24h para 11 de Julho.

O Sindicato de Jornalistas enviou o pré-aviso de greve à empresa e solicita "suspensão dos processos de despedimento e a discussão de alternativas que preservem os projectos editoriais e os postos de trabalho". Os funcionários vão fazer uma vigília com início marcado às 18h30 junto à porta do "Diário de Notícias" em Lisboa e no Porto. Este não será o primeiro protesto de jornalistas contra a decisão da administração do grupo.



Os despedimentos foram justificados com a necessidade de adaptação à contracção que se vive no mercado dos media, em termos publicitários, que afecta não só as editoras e as gráficas mas também a indústria papeleira.

O mercado publicitário regrediu dez anos, segundo os últimos dados divulgados. No final de 1996, houve um investimento de 389 milhões de euros em publicidade e em 2013 regista um valor de 369,8 milhões de euros. As principais agências de meios estimam que, em 2014, o valor ascenda aos 410 milhões de euros, mas o aumento de investimento continua a ser comedido quando em comparação com anos como 2007 em que se registou um investimento de 720,2 milhões de euros.