Login

9ET em Tomar: "Fazia todo o sentido trazer aqui uma edição do encontro”

IMG 8131

O Instituto Politécnico de Tomar recebeu o 9.º Encontro de Tipografia (9ET), entre os dias 15 e 17 de novembro. Durante dois dias, os profissionais da área reuniram-se e ouviram diversas comunicações, onda não faltaram as intervenções de nomes sonantes como Seb Lester, Veronika Burian (TypeTogether), Miguel Sousa (Adobe Fonts), R2 Design, Sérgio Alves (Atelier d’Alves) e Vera Tavares (Ed. Tinta da China).


“De ano para ano, o encontro tem lugar em diferentes instituições de ensino superior portuguesas. Em 2018 acontece no Instituto Politécnico de Tomar, com organização conjunta da Licenciatura em Design e Tecnologia das Artes Gráficas e do Mestrado em Design Editorial”, explica Miguel Sanches, um dos elementos da organização e responsável pelo curso de Design e Tecnologia de Artes Gráficas.

IMG 8155


A organização da 9ET é rotativa e vai passando por vários institutos e várias faculdades que ensinam tipografia nos seus cursos. A vontade de a trazer a Tomar já vem de há três anos, altura em que decorreu em Aveiro, mas, por vários motivos, acabou por se materializar na prática em 2018.

“O meu colega Luís Moreira, que é o diretor do Mestrado em Design Editorial, acompanhou todos os eventos desde a primeira edição. Eu acompanhei os últimos três, desde Aveiro. Fomos vendo como o evento foi crescendo e a envolvência que ia criando. Como temos um laboratório de tipografia e ensinamos tipografia, quer na licenciatura quer no mestrado, fazia todo o sentido trazer aqui uma edição do encontro”, adianta Miguel.


O objetivo passa por contribuir para o desenvolvimento da atividade no nosso país, “para conhecer melhor o que se está a fazer em termos de design de tipo, de leitura, de tecnologia de fontes – que tem sofrido alterações tecnológicas recentes muito grandes. Mas, ao mesmo tempo – e tendo em conta o histórico que fomos acompanhando dos encontros – não transformar o evento num encontro de tipógrafos. Isso aconteceu no início, foi a génese, mas se olharmos para o cartaz, entre os seis oradores principais há apenas uma que é 100% tipógrafa desenhadora de tipos de letras – a Veronika Burian - outros são designers. Tentamos que isto possa alargar um pouco mais para chegarmos também aos utilizadores da tipografia”.

 

IMG 8149


Miguel Sanches explica o panorama atual da tipografia em Portugal: “Temos duas áreas diferentes na tipografia: o desenho do tipo de letra e aí temos um número crescente de tipógrafos, de desenhadores de tipos de letra como o Rui Abreu, a Joana Correia, Rúben Dias e Dino dos Santos, entre outros. São tipógrafos que vivem do desenho do tipo da letra, com um aumento exponencial de produção.


Depois temos a área de fronteira, com a produção do processo de impressão tipográfica. Estamos a apanhar uma moda que já surgiu nos Estados Unidos há algum tempo, que é o retorno à tecnologia antiga, a tecnologia tipográfica. Estamos um pouco abaixo do que já se faz lá fora, mas em Portugal temos a Quadratim e uma série de estúdios que só fazem trabalhos com a tipografia, com máquinas antigas e caracteres de chumbo. Isso está a crescer muito nos Estados Unidos, já se fazem muitos trabalhos na Europa, em especial na Alemanha, e em Portugal começa a desenvolver-se”.

 

IMG 8126


O Encontro de Tipografia promove a partilha de conhecimentos entre todos os que trabalham direta ou indiretamente com a tipografia – designers, investigadores, professores e alunos – e este ano reflete a atitude comum de trabalhar sempre a pensar no amanhã.

O encontro contou com o apoio institucional da Atypi, da utd, Vanarchiv, typetogether, Shrift Labor, do município de Tomar, da Delta e do Hotel dos Templários. Os Gold Sponsos foram a Adobe, a Gráfica Maiadouro, a Glyphs e a Guide.