fbpx
DP - PACKAGING
Login
Atualizado a 17 Sep, 2019

Altri aposta na metodologia Kaizen para as suas unidades

Kaizen

Altri decidiu implementar a metodologia Kaizen nas suas unidades industriais. O objetivo é a melhoria contínua que permita aumentar o retorno de investimento e aumentar a rentabilidade.

Entre os casos de sucesso de aplicação da metodologia Kaizen estão empresas como a pioneira Toyota, a Zara, a Bosch, a Porsche e a Honeywell, por exemplo. Depois de ter visto a unidade Celbi a ser premiada nos Prémios Kaizen Lean, prémio do Kaizen Institute Portugal, a Altri pretende continuar o processo de melhoria.

A Celbi foi premiada pela melhoria da qualidade do produto, redução de perdas de produção de pasta, redução do consumo de energia eléctrica em 6%, diminuição do uso específico de água em 19% e aumento da vida útil das navalhas de destroçamento de madeira, conseguindo o aumento da eficiência operacional em 3% e um aumento do volume de produção/venda.

“O Kaizen assenta num método próprio, tendo como principal ferramenta o Ciclo PDCA, que significa Plan, Do, Check, Act, e que representa cada uma das etapas: Plan (Planeamento) – a fase inicial de identificação, observação e análise dos problemas encontrados; Do (Executar) – depois de planear, as ações têm de ser postas em prática para se atingir os objectivos da etapa anterior; Check (Verificar) – Constatar os efeitos reais que foram alcançados nas ações realizadas, se tudo foi executado como planeado e/ou se houve desvios; Act (Ação/Agir) – Se os resultados obtidos não forem os planeados, devem-se formular novas ações. Caso o resultado seja satisfatório, esta etapa funciona como uma ação preventiva, para não haver reincidência do desvio. Este ciclo é mais facilmente compreendido se visto como uma roda em permanente rotação”, explica o grupo.

Existem agora outros projetos de melhoria contínua na Caima e na Celtejo. Nesta última, foram instaladas uma nova caldeira de recuperação, uma nova ETARI, uma nova turbina e uma nova instalação de tratamento de águas, ainda antes de se implementar a ferramenta Kaizen.