Login

Empresários gráficos rumam a Tomar

TomarÉ já amanhã, 20 de outubro, que se reúnem, em Tomar, os associados da Associação Portuguesa das Indústrias Gráficas e Transformadoras de Papel. No Encontro de 2017, que se realiza no Hotel dos Templários, será possível assistir a intervenções de José Pacheco Pereira e de Andy Lima, assim como participar numa visita à fábrica da Renova.

 

José Pacheco Pereira, historiador, político e comentador, vai participar num debate sobre a importância dos produtos impressos na sociedade atual. Andy Lima, empresário, empreendedor e académico, vai falar sobre o que as empresas deverão fazer para evoluírem no “mundo novo”. Lima tem experiência como consultor no desenvolvimento de negócio junto de PME e grandes empresas, tendo desenvolvido empresas de impressão e design gráfico e uma agência de marketing digital. É professor na Universidade de Leeds, onde ensina estratégia e marketing digital.

 

“Este evento é fundamental para cimentar as relações entre os empresários do sector, num ambiente informal e descontraído, mas onde não deixamos de focar os temas que consideramos essenciais abordar no momento histórico que atravessamos. Como é que uma indústria intrinsecamente ligada ao suporte físico, seja ele papel, cartão ou outro, se está a adaptar num mundo cada vez mais digital? O Encontro é também a demonstração da vitalidade de um sector essencialmente industrial, onde existem empresas com grande capacidade tecnológica e capazes de fazerem coisas realmente inovadoras”Lopes de Castro, Presidente da APIGRAF
 

“O que seria o mundo sem produtos gráficos?” dá o mote para uma atividade prática dos participantes, estando ainda prevista uma visita à Fábrica da Renova, produtora de artigos de papel para uso doméstico e industrial. A componente produtiva da Renova está instalada em duas unidades fabris na Zibreira, Torres Novas.

O Encontro APIGRAF 2017 é patrocinado pela Grafopel, Torraspapel e Sistrade.

 

A Apigraf – Associação Portuguesa das Indústrias Gráficas e Transformadoras do Papel foi fundada em 14 de dezembro de 1974, sendo a representante a nível nacional dos interesses destas indústrias.