fbpx
Logo

A importância das chefias intermédias na comunicação interna

plugthegapNo 18º Get Together do Observatório de Comunicação Interna e Identidade Corporativa (OCI), o tema foi ´Comunicar com o middle management – práticas de excelência no apoio às chefias directas". O encontro contou com testemunhos da Tetra Pak, Novabase e EDP e com a moderação de Dalila Martins, da Direcção de Comunicação e Imagem Corporativa da PT. ”É preciso reduzir a distância emocional entre as chefias e os colaboradores. Temos de conseguir que todos tenham o coração a bater ao mesmo ritmo. E por isso é necessário cuidar de quem cuida”, considera José Manuel Seruya, Professor da Universidade Católica e Director do OCI.

Num período em que a Tetra Pak implementa uma organização em clusters de mercado surgiram muitas dúvidas e receios que precisavam de ser respondidos, com o objectivo de evitar um clima de instabilidade organizacional. Uma das estratégias seguidas pela Tetra Pak foi a de apostar na comunicação através das chefias intermédias. Foi elaborado um plano de formação interno em Comunicação para Liderança para as chefias de topo e middle management como o objectivo de os envolver fornecendo-lhes ferramentas de comunicação que ajudaram a garantir um maior envolvimento das chefia intermédias na comunicação e no próprio processo de reorganização. “A presença das chefias directas durante todo este processo transmitiu aos colaboradores a importância que a comunicação interna assumiu e, também, a relevância do papel que os líderes intermédios passaram a desempenhar”, refere Vera Norte, responsável por este projecto enquanto Cluster South Europe Communications Leader do Grupo Tetra Pak.

A Novabase, através de um estudo realizado em 2010 sobre a cultura interna da organização, identificou, por um lado, um perfil marcadamente competitivo/“oposicional” e, por outro, um perfil de passividade/defesa. A empresa traçou um rumo, definiu qual a cultura que desejava ter e lançou mãos à obra. “Para alcançamos uma cultura mais colaborativa, encorajadora e de auto-realização (Coaching Culture), iniciámos um processo transformacional assente num trabalho a todos os níveis de liderança. Apostámos em programas customizados, de acordo com as diferentes necessidades dos diversos níveis de gestão, focados em práticas de feedback construtivo e regular a 360º, numa atitude mais colaborativa, mais positiva, numa liderança mais eficaz, no desenvolvimento de líderes-coach. Porque procuramos líderes que crescem e fazem crescer e acreditamos na responsabilização de todos, individualmente, como agentes activos do seu sucesso e crescimento individual”, explica Maria João Figueiredo, Directora de Gestão de Talento da Novabase. Durante este período, foram já implementados programas de treino e desenvolvimento para chefias/gestores de equipas com diversos workshops e ferramentas de autoconhecimento, coaching, gestão de talento, entre outros.

A EDP tem um programa dedicado para as novas chefias em que cada um dos colaboradores é acompanhado por chefias de topo. O objectivo é o desenvolvimento de competências e envolvimento na cultura organizacional. Na EDP, com este projecto, criámos oportunidades para uma gestão mais assertiva, mais motivada e consequentemente, capaz de melhores resultados”, refere Paula Pinto da Fonseca, Directora da Área de Cultura Empresarial da Direcção de Marketing e Comunicação da EDP.

Ana Margarida Ximenes, Country Manager da Inforpress, acrescenta que “Estamos na era do micropoder, ou seja, de activar o poder de cada colaborador na inovação e mudança das organizações. O novo paradigma necessita de um novo modelo de líderes mais colaborativos, mais sociais e mais inovadores que se movem pelo imperativo da escuta e do reconhecimento dos outros. As chefias intermédias têm por isso um papel essencial no sucesso das equipas e devem mobilizar a organização contribuindo para a cultura desejada”.

O Observatório de Comunicação Interna e Identidade Corporativa (OCI) é uma iniciativa conjunta da Inforpress e da Universidade Católica. Além dos Get Together, o OCI lançou o PACO (Programa Avançado em Comunicação Organizacional) que tem como missão contribuir para o reforço da expertise de comunicação organizacional nas organizações.

Pixelpower