fbpx
Login
Atualizado a 26 Aug, 2019

Que proposta de valor tem para os seus funcionários?

EVP

Como melhorar as propostas de valor para os funcionários é o tema de uma lista de sugestões elaboradas pela Spring, uma empresa especialista em Recursos Humanos do Grupo Adecco.

Num mercado competitivo, as PME enfrentam dificuldades nas estratégias de desenvolvimento de Employee Value Proposition (EVP).

Sendo necessário identificar e reter os talentos, é necessário criar Propostas de Valor para o Empregado (EVP), para que um funcionário opte por integrar e permanecer a equipa da sua empresa.

As gerações mais jovens optam por permanecer numa empresa uma média de 2,8 anos originando uma rápida rotatividade de pessoal.

Esta é uma realidade de acordo com os dados da Spring Professional que está relacionada com o facto de que cada vez mais, os candidatos favorecem os locais de trabalho que oferecem equilíbrio entre vida pessoal e profissional, trabalhos mais flexíveis, com mais oportunidades de progressão na carreira e outros benefícios.

O pacote salarial é essencial com incentivos e recompensas, à cultura, valores e design de trabalho.

O valor percebido dos benefícios não financeiros também está a aumentar. Dizem alguns dados internacionais, nomeadamente um estudo da Mercer de Tendências para 2019, que 54% dos empregados e colaboradores afirma que gerir o equilíbrio entre vida pessoal e profissional é um dos cinco principais fatores que a sua empresa pode oferecer para ajudá-los a prosperar no trabalho. Valor que tem crescido de 40% em 2018 e de 26% em 2017.

 

Os pilares fundamentais

Remuneração, carreira, benefícios, cultura e ambiente de trabalho. Do ponto de vista do empregado, são esses os pontos que respondem à pergunta: "o que há para mim?"

Remuneração: inclui Satisfação salarial, elogios e promoções, pontualidade, equidade. A componente de remuneração engloba a satisfação do funcionário com o salário e recompensas adicionais, como bónus e promoções.

Carreira: Formação, desenvolvimento de carreira, estabilidade, capacidade de progredir, avaliação e feedback. A componente de carreira é constituída pelos fatores que afetam o senso de estabilidade de carreira de um funcionário e as oportunidades de desenvolvimento de carreira, como formação, avaliação e feedback.

Benefícios: Feriados, seguro, flexibilidade, família, reforma. A componente de benefícios engloba a satisfação dos funcionários com o sistema geral de benefícios, que pode incluir folgas pagas (férias e dias de doença), cobertura de saúde e odontológica, reforma, mensalidades e benefícios por incapacidade e seguro de vida.

Cultura: Suporte, gestores, líderes, confiança, espírito de equipa, compreensão dos objetivos e valores do negócio. A componente de cultura é composta pelos fatores que contribuem para uma cultura de grande empresa. Isso inclui relacionamentos positivos com gestores, colegas e líderes da empresa e alinhamento com os objetivos e valores da empresa.

Ambiente de trabalho: Reconhecimento, compreensão do papel e das responsabilidades, equilíbrio vida-trabalho, autonomia. A componente do ambiente de trabalho inclui os fatores que contribuem para um ambiente de trabalho positivo, de um equilíbrio saudável entre a vida profissional e a vida familiar, para o reconhecimento de conquistas pessoais e um claro entendimento do papel e das responsabilidades.