fbpx
Login

A impressão 3D está a personalizar a medicina, diz pesquisa da IDTechEx

3D na medicina

 

Desde o seu começo, no final dos anos 80, até se tornar na força global que é hoje, as capacidades da tecnologia de impressão 3D expandiram-se, e estabeleceram a tecnologia como uma solução atraente para prototipagem e produção.


Conferindo vantagens como prazos de entrega mais curtos, redução de desperdício e oportunidade de personalização em massa, o potencial da impressão 3D foi rapidamente percebido.


Entre as principais indústrias que alavancaram essas vantagens estão a indústria médica e odontológica. No relatório da pesquisa IDTechEx, 3D Printing in the medical and Dental Industry 2019 – 2029, prevê-se que a indústria atinja um valor de US $ 8,1 biliões – €7.13 biliões - até 2029.


A impressão 3D permite a produção de uma ampla gama de dispositivos, como aparelhos auditivos até alinhadores Invisalign® para membros prostéticos. O uso da impressão 3D nessas aplicações alavanca a capacidade de personalização em massa a partir de dados de imagens em 3D.


A personalização é particularmente importante para os dispositivos médicos projetados para serem usados pelo paciente por tempo prolongado, pois isso melhora o conforto do paciente e, com isso, a adesão ao tratamento.


Nenhum processo de fabricação no setor médico foi tão afetado pela impressão 3D quanto o aparelho auditivo. Aparelhos auditivos impressos em 3D são feitos com precisão digital, uma melhoria em relação ao longo processo de fabricação manual que algumas vezes resultou em peças que não estavam perfeitamente ajustadas. Isso é importante quando menos de um milímetro de diferença pode levar a desconforto para o utilizador.


A impressão 3D também ganha popularidade no campo da odontologia e também está a surgir como um método de fabricação para vários outros dispositivos médicos, onde a personalização é essencial para melhorar o conforto do paciente e melhorar os resultados terapêuticos.

 

Workflow tradicional vs impressão 3D

 

A melhoria dos resultados cirúrgicos


A gama de aplicações não se limita ao fabrico de dispositivos médicos. A impressão 3D também é amplamente utilizada em procedimentos cirúrgicos, seja na criação de modelos 3D específicos ao paciente para ensino, planeamento e visualização, guias cirúrgicos intraoperatórios, instrumentação cirúrgica descartável ou placas, implantes, válvulas e stents personalizados, a serem implantados no paciente. A impressão 3D melhora os padrões cirúrgicos e a eficiência, resultando em melhores resultados para o paciente. Os implantes impressos em 3D são duráveis, leves e personalizados para se adequar ao paciente, para melhores resultados funcionais e estéticos.


Medicina personalizada


A gama de aplicações não está limitada a dispositivos médicos ou cirurgia. A impressão 3D pode ser usada para fabricar produtos farmacêuticos, como pílulas específicas para pacientes. A medicação personalizada é especialmente promissora na interrupção da maneira como tratamos as condições crónicas, ajudando os pacientes a agilizar o número de medicamentos que devem tomar e criando dosagens específicas que limitarão os efeitos colaterais indesejados. Além disso, como o desenvolvimento da bio impressão 3D continua a evoluir, há espaço para a implantação de órgãos personalizados como parte da medicina regenerativa.